Como solicitar auxílio acidente ao INSS? Peça sem sair de casa

Benefício se volta aos trabalhadores que tiveram capacidade de trabalho diminuída por acidente ou doença

Anúncio


Você sabia que os trabalhadores que sofrem algum tipo de acidente que os afetem em suas atividades podem receber benefícios da Previdência? Confira hoje, 27 de novembro, como solicitar o auxílio acidente do INSS. É possível pedi-lo sem sair de casa, em poucos passos, conforme veremos aqui no blog do Guia do Ex-Negativado.

O que é o auxílio acidente?

Esse é um dos benefícios pagos pelo INSS. Ele se volta a quem sofreu algum tipo de acidente e, com isso, teve parte de sua capacidade de trabalho diminuída. Assim, diferencia-se do auxílio-acidentário, que se refere ao afastamento do trabalhador após acidente de trabalho.

Da mesma forma, é diferente do auxílio-doença, pois este é o afastamento das atividades, com manutenção de remuneração, enquanto o trabalhador passa por tratamento. Além disso, o auxílio-doença é para questões temporárias; já o de acidente é para alterações em que a incapacidade adquirida seja definitiva.

Como solicitar auxílio acidente ao INSS
Como solicitar auxílio acidente ao INSS? Peça sem sair de casa – Foto: Canva

Quem tem direito ao auxílio acidente?

Quem sofrer um acidente que gerar a diminuição da capacidade de trabalho do cidadão. Assim, note que o acidente não precisa ser de trabalho. Por exemplo, considere um servente de obra que perde uma das mãos. Igualmente, um acidente de trânsito que afete parte da mobilidade das pernas de um motorista.

Aliás, considere que doenças que afetem o trabalhador em seu dia a dia laboral também geram direito ao benefício. Afinal, elas se comparam aos acidentes, de forma que também dão acesso ao auxílio acidente do INSS. Nesse caso um bom exemplo é a LER (Lesão de Esforço Repetitivo) que pode gerar acesso ao benefício.

Continua depois da publicidade

Nesses casos, então, o trabalhador pode solicitar o auxílio acidente e receber o benefício. Ele não tem afastamento pelo INSS, podendo continuar a trabalhar (com o devido remanejamento para atividades compatíveis às suas capacidades). Ou seja, pode receber salário e a bonificação da Previdência.

Continua depois da publicidade

Contudo, cabe ressaltar que somente trabalhadores avulsos, domésticos, urbanos e rurais podem solicitar o benefício. Isto é, ele não fica disponível para contribuintes individuais e facultativos, tais como MEI ou autônomos.

Como solicitar o auxílio acidente do INSS?

Quem sofrer um acidente ou doença que afete as capacidades laborais pode pedir o benefício sem sair de casa. Para isso, então, deve entrar no site ou aplicativo Meu INSS e fazer a solicitação. Ela também pode ocorrer por telefone, pela central 135.

Junto à solicitação, deve-se apresentar uma série de documentos referentes às condições de saúde do trabalhador. Ainda, deve-se passar por perícia médica do INSS, que determinará a diminuição da capacidade de trabalho ou não.

Clique no Banner e baixe GRÁTIS!

NEGOCIAÇÃO DAS DÍVIDAS: Pago ou deixo rolar?!

Essa pergunta é feita por muita gente que está endividada e com o nome sujo em órgãos de proteção ao crédito como SPC e Serasa.

Segundo o Código de Defesa do Consumidor, após um determinado prazo decorrido da contração de uma dívida, o nome do consumidor deve ser retirado do cadastro dos órgãos de proteção ao crédito como SPC e Serasa.

Em outras palavras, existe sim um tempo definido para que o CPF de uma pessoa permaneça restrito. Assim que uma dívida vence e não é paga, ela pode ser inclusa no sistema dos birôs de crédito.

A partir daí, existe um prazo máximo legal, para cobrança desse débito na Justiça e também para a negativação. Entenda mais sobre o assunto no vídeo e saiba o que fazer nessa situação e saia do sufoco!

Carregando comentários aguarde...
...
...