Pensão por morte dá direito a 13°? Confira direitos

Busca pelo décimo terceiro aumentam com proximidade do final do ano

Anúncio


Pensão por morte dá direito a 13° salário? O décimo terceiro nada mais é do que um abono extra pago anualmente para alguns cidadãos. Com isso, ele representa dinheiro a mais. E, por isso, a proximidade do final do ano e das festividades faz o interesse e a procura por esse direito aumentarem. Dessa forma, veja hoje, 22 de novembro, se os pensionistas fazem jus ao pagamento.

Os pensionistas são aqueles que recebem a pensão do INSS. Isto é, decorrente do falecimento de trabalhador ou aposentado do INSS, do qual eram dependentes financeiramente. Assim, é uma forma de garantir a subsistência de tais dependentes, que recebem mensalmente um benefício.

Afinal, pensão por morte dá direito a 13° salário?

Sim! Os pensionistas têm direito ao recebimento de uma parcela extra, anualmente, do INSS. Com isso, assim como trabalhadores formais, possuem um abono que pode ser de grande utilidade, especialmente diante da alta dos preços dos produtos essenciais.

Além da pensão por morte quais outros benefícios dão direito a 13°?

Não apenas os pensionistas do INSS possuem direito ao décimo terceiro. Afinal, também o recebem os demais beneficiários. Isto é, os aposentados, bem como quem recebe auxílios como o de maternidade, reclusão, acidente de trabalho e doença.

Pensão por morte dá direito a 13°
Pensão por morte dá direito a 13°, veja – Foto: Canva

Qual é o valor do 13°?

Notícias relacionadas

Como saber se tenho direito ao FGTS emergencial?…

Continua depois da publicidade

Como funciona a portabilidade de salário? Saiba…

Continua depois da publicidade

O valor d décimo terceiro é sempre proporcional ao valor que se recebe mensalmente e, também, ao número de meses, dentro de um ano, pelo qual os recebeu. Em outras palavras, para pensionistas e demais beneficiários do INSS, leva-se em consideração o número de meses, em 2021, pelos quais eles receberam valores da Previdência Social. Ainda, o valor dos benefícios.

Por exemplo, considere o 13° de alguém que passou a receber pensão por morte somente em março de 2021. Nesse caso, até o final do ano recebeu 10 parcelas do INSS, o que lhe dá direito a 10/12 como décimo terceiro. Assim, deve-se dividir o valor do benefício mensal por 12 e depois multiplicá-lo por 10. O mesmo ocorre para os demais beneficiários, bem como para os próprios trabalhadores formais.

Clique no Banner e baixe GRÁTIS!

Pagamento do 13° do INSS em 2021 já aconteceu

Ainda, cabe ressaltar que o pagamento do décimo terceiro do INSS teve antecipação em 2021. Assim, ocorreu ainda na metade do ano. Contudo, quem ainda não era beneficiário recebe o abono junto aos benefícios de agosto e de novembro. Este último, aliás, está atualmente em pagamento.

Educação Financeira e a NEGOCIAÇÃO DAS DÍVIDAS: Pago ou deixo rolar?!

Essa pergunta é feita por muita gente que está endividada e com o nome sujo em órgãos de proteção ao crédito como SPC e Serasa. Segundo o Código de Defesa do Consumidor, após um determinado prazo decorrido da contração de uma dívida, o nome do consumidor deve ser retirado do cadastro dos órgãos de proteção ao crédito como SPC e Serasa.

Em outras palavras, existe sim um tempo definido para que o CPF de uma pessoa permaneça restrito. Assim que uma dívida vence e não é paga, ela pode ser inclusa no sistema dos birôs de crédito. A partir daí, existe um prazo máximo legal, para cobrança desse débito na Justiça e também para a negativação. Entenda mais sobre o assunto no vídeo!

Carregando comentários aguarde...
...
...