Anúncio

Como cultivar plantas corretamente? Dicas de substrato caseiro para deixar seu jardim florido e bem cuidado

Veja como fazer

Anúncio


Continua depois da publicidade

Para crescerem fortes e bonitas, as plantas precisam de um solo bem nutrido e com umidade necessária para as suas particularidades. Com isso, a utilização do substrato se torna importante porque ele consegue entregar todos os nutrientes necessários que as plantas precisam para se desenvolverem. Por isso, hoje, 18 de janeiro de 2022, aqui no Horta e Jardim & Cia você vai aprender como fazer substratos caseiros de forma simples e prática.

Continua depois da publicidade

Quais são as características de um bom substrato?

Para ser considerado um substrato potente e eficaz, é muito importante que ele tenha algumas características básicas e particulares. Desta forma, um bom substrato oferece uma excelente capacidade de retenção de água, leveza, PH neutro, aeração e boa capacidade de drenagem para as plantas.

Continua depois da publicidade

Leia também: Misturinha caseira que elimina as cochonilhas do seu jardim: saiba fazer e nunca mais sofra com essa praga!

Dicas de substratos caseiros para a sua horta

Como fazer substrato caseiro.
Como fazer substrato caseiro. Foto: Canva pro

Substrato com fibra de coco, musgo e pinus:

Se você está buscando um substrato bem areado, para que as raízes das suas plantas cresçam bem fortes e saudáveis, essa é uma excelente opção para o seu jardim. Inclusive, esse é um excelente tipo de substrato para as orquídeas.

Isso acontece pelo fato de que, as suas raízes crescem muito e, com isso, precisam de muitos nutrientes para se permanecerem saudáveis. Para fazê-lo, você vai precisar de:

  • 1 medidor de musgo;
  • 2 medidores de fibra de coco;
  • 1 medidor de pinus.

Substrato com terra, areia e húmus:

Esse substrato é maravilhoso para os tipos de plantas que adoram o clima seco e quente, como é o caso das suculentas. Isto porque, essas plantas se adaptam melhor em terra leve e com bastante capacidade de drenagem. Por isso, para fazê-lo, você vai precisar de:

  • 1 medidor de terra;
  • 2 medidores de areia;
  • ½ medidor de húmus.

Substrato com fibra de coco, areia, terra e húmus:

Como fazer substrato caseiro.
Como fazer substrato caseiro. Foto: Canva pro

Já, em se tratando de plantas que adoram ser cultivadas em ambientes internos e não necessitam de muitos cuidados, como é o caso das samambaias, esse tipo de substrato costuma funcionar muito bem, pelo fato de que ele consegue conservar bem a umidade. Então, para fazê-lo, você vai precisar de:

  • 1 medidor de húmus;
  • 6 medidores de fibra de coco;
  • 1 medidor de terra;
  • 1 medidor de areia.

Como adicionar o substrato no solo?

Por fim, para começar, no fundo do vaso em que você fará a plantação, o ideal é que você crie um sistema de drenagem. Sendo assim, para isso, utilize uma camada grossa de bolinhas de argila ou argila expandida. Esses produtos são, comumente, vendidos em lojas de jardinagens ou, até mesmo, em sites e aplicativos online.

Após isso, adicione uma manta plástica permeável para as plantas. Pois, o mais comum de encontrar é a famosa rede bim. Então, depois disso, adicione o substrato e finalize com os passos necessários para a plantação.

Veja também: Qual a diferença entre substrato e adubo? Entenda!

Dúvidas no preparo do adubo orgânico?! Herborista tem dicas sobre o tema e sobre cuidado com plantas

Carregando comentários aguarde...
...
...