Anúncio

5 plantas resistentes que dificilmente morrem: veja os cuidados básicos

Tenha plantas resistentes ao esquecimento.

Anúncio


Atualmente com a correria do dia a dia, é comum esquecer de regar a plantinha ou mudar ela de lugar para tomar um solzinho. Portanto, se esse for o seu caso escolha plantas resistentes, que não sofrem com estresse térmico, hídrico ou com sua ausência. Hoje, 22/12, o Horta, Jardim & Cia do Folha Go, te mostra 5 plantas resistentes que dificilmente morrem.

Continua depois da publicidade

Conheça 5 plantas resistentes que dificilmente morrem

Apesar de serem um pouco menos exigentes quanto as outras espécies de plantas, é necessário cuidados com o plantio, a localização e umidade do solo. Iremos mostrar agora plantas resistentes, mas independente da força da mesma, ela sempre precisará de pelo menos o mínimo de cuidado.

Continua depois da publicidade

Confira aqui: Como plantar beterraba no vaso? Dicas especiais para ter êxito em sua hortinha

Orquídeas

5 plantas resistentes que dificilmente morrem - Reprodução Canva Pró
5 plantas resistentes que dificilmente morrem – Reprodução Canva Pró

As orquídeas ou plantas da família Orchidaceae, são sensíveis quando se trata de excesso de água, isso porque elas dispõem de um sistema radicular sensível a água. Sua irrigação deve ser de uma a duas vezes por semana diretamente no solo. A orquídea pode resistir a escassez hídrica por um período de 20 a 30 dias.

Continua depois da publicidade

Bromélias

As bromélias possuem pelos absorventes em suas folhas, o que auxiliam na captação e armazenamento da água. Portanto, não é necessária uma irrigação diária, basta observar o teor de umidade através do solo. Essas plantas podem sobreviver em média até 30 dias sem irrigação.

Espada-de-São-Jorge

Trata-se de uma planta muito utilizada para a decoração e purificação do ambiente, isto porque acredita-se que elas tiram as energias negativas do local. Ademais é uma planta que se adapta a meia sombra ou direta ao sol e cuja irrigação pode ser no máximo duas vezes por semana.

Cactos

Os cactos ou as plantas da família Cactaceae, não necessitam de uma irrigação diária e muito menos direta na planta (pode acarretar o surgimento de patógenos). Entretanto, sendo uma planta resistente o Intervalo de irrigação varia de 7 a 15 dias, podendo sobreviver até 45 dias sem água.

Babosa

Plantas liliaceaes, ou a babosa sendo a mais popular, se caracteriza como uma planta resistente a escassez de água e de melhor adaptação a solos secos. Portanto diante desta resistência, a babosa pode vir a sobreviver meses sem irrigação.

Confira aqui: Confira as técnicas corretas sobre como plantar alecrim pelo galho

LAVANDA; veja o passo a passo para cultivar essa lindeza

Carregando comentários aguarde...
...
...