Veja agora 5 erros que destroem suas orquídeas; pare de fazer agora mesmo

Aprenda como ter sucesso no cuidado com estas belas flores!

Erros que destroem suas orquídeas. Foto: Canva Pro.
0 265

A orquídea é uma bela flor delicada e elegante, possuindo variadas cores, que se desenvolvem em qualquer tipo de clima. Entretanto, é necessária uma maior atenção em seu plantio, porque é comum erros no cuidado com a orquídea que podem levar a sua morte. Conheça hoje, 30/11/2021, como evitar esses erros que destroem suas orquídeas aqui no Horta Jardim & Cia!

Conheça a planta para evitar erros que destroem suas orquídeas

A planta que ganhou popularidade no mudo todo, encanta pela sua beleza, simplicidade e coloração vibrante, sendo a mais comum à de tons roxos. Seu plantio pode ser considerado trabalhoso, visto as exigências que essa delicada planta demanda para se manter viva e saudável. Conheça os erros mais comuns:

Veja também: Atenção! Saiba os 5 erros que destroem as Onze Horas.

Usar vaso de plástico

O primeiro deles, é o uso dos vasos de plástico no plantio. Isso porque esses vasos não possuem poros, o que limita a respiração e a drenagem de água, levando ao apodrecimento das raízes. Neste caso, o ideal são vasos de barro!

Excesso de água

Dentre os tipos de orquídeas, nenhuma delas se dá bem com o excesso de água! Assim, deve-se manter o solo úmido, sendo o correto regar e esperar a água descer para evitar encharcar, ou usar um borrifador, o ideal é de 1 a 2 vezes na semana.

Além disso, é recomendado o uso de substratos de madeira como placas de canela, cedro, nó de pinho e outras. Isso favorece a retenção de água, além de armazenar os nutrientes para a planta.

Podas erradas

É comum durante o cuidado com as plantas, podar caules que já floresceram. Porém, no caso da grande maioria das orquídeas, podar essas hastes evita novos surgimentos de flores. Dessa maneira, o correto é esperar que ele seque totalmente, antes de cortar.

Assim, quando for realizar o corte, deve se esterilizar a tesoura passando-a em uma chama e aguardar esfriar. Dessa forma, você evita contaminar o caule da orquídea e transmitir doenças.

Por fim, ao passar a tesoura de uma planta para outra, deve esterilizar novamente, para que caso a orquídea esteja infectada, não passe para planta vizinha. Ao fim de toda poda, utilize canela em pó para cicatrizar o corte.

Mover a planta sem necessidade

Erros que destroem suas orquídeas. Foto: Canva Pro.
Erros que destroem suas orquídeas. Foto: Canva Pro.

Na época de floração e de crescimento de brotos, não é recomendado mover a planta de posição ou trocar de vaso. Isso porque, os novos brotos não podem encostar em outros vasos ou na parede, devendo estar com espaço livre.

Desta maneira, o mais correto é deixar a planta parada, descansando, florescendo naturalmente, e com espaço livre. Por este motivo, deve ser plantada apenas 1 orquídea ao centro do vaso e não em suas bordas.

Substratos

As orquídeas não gostam de terra, o ideal é utilizar substratos naturais como fibra de coco, casca de pinus, madeira nobres e outras. Isso favorece a nutrição, entrada de ar e mantém a planta estável.

Veja também: Como cultivar Lírios da Paz: confira as principais dicas de jardinagem agora mesmo.

Dúvidas no preparo do adubo orgânico?! Herborista tem dicas sobre o tema e sobre cuidado com plantas

Comentários
Loading...