- Advertisement -

Cachorro e gato podem ficar de castigo?

Veja dicas de comportamento e resolva as teimosias

Cachorro e gato podem ficar de castigo? |Pexels
0 53

- Advertisement -

Os tutores sempre buscam melhorar o comportamento de seus pets. Nesse sentido, estabelecer alguma punição – não cruel – para o comportamento indesejado acaba sendo um passo necessário. Assim, surge a pergunta: cachorro e gato podem ficar de castigo? Veja dicas de comportamento e resolva as teimosias de seu pet hoje (29/11) no blog My Pet do Folha Go!

Cachorro e gato podem ficar de castigo?

Primeiramente, ensinar seu pet a reduzir ou manter certos comportamentos é uma tarefa de muita paciência. Afinal, cães e gatos precisam se adaptar às rotinas do ambiente e se sentir seguros dentro do lar. Dessa forma, claro que eles conseguem obedecer e respeitar seus donos. Sendo assim, puni-los de forma agressiva, deixando-os traumatizados, além de não ser eficaz, só fará com que se afastem, possivelmente ficando cada vez mais rebeldes!

- Advertisement -

Portanto, isolá-los por longos períodos não é uma boa opção. Esse método só faz com que os pets se sintam tristes e sozinhos. Isso pode ser um problema na hora de deixá-los em casa por muito tempo! Eles começarão a associar os momentos de isolamento como punições, podendo desenvolver depressões e ansiedades. Nada impede, porém, que curtos instantes de isolamento (5min a 10min, por exemplo) sejam aplicados.

gato
Cachorro e gato podem ficar de castigo? | Pexels

Leia esta dica também: Por Que Meu Gato Me Morde Do Nada?

Dicas para reduzir a teimosia dos pets

Para os mais desobedientes, a melhor atitude dos donos é reconhecer os bons comportamentos e recompensá-los. Assim, eles repetirão a conduta que os levou à recompensa. Se houver algum comportamento fora do correto, é importante que o dono os repreenda no exato momento, mas sem gritar ou bater! Apenas dizer com firmeza que não gostou da atitude. Sendo assim, eles compreendem que aquela atitude fez o dono mudar seu tom de voz e tendem a reduzi-la.

- Advertisement -

Sempre use petiscos para recompensá-los e nunca use parte da rotina como adestramento: por exemplo, o passeio não pode ser recompensa. A rotina tem que ser inserida como parte normal na vida do pet, sem ser um meio de punição ou recompensa. Além disso, ensinar comandos ao seu pet desde filhote incentiva a obediência.

pet 2
Cachorro e gato podem ficar de castigo? | Pexels

Leia mais: Como Escolher O Adestrador Do Seu Cão?

A melhor forma de educação é o carinho

Apesar dos donos precisarem ser firmes e, às vezes, rígidos, o mais importante para os cães e gatos é se sentirem em um ambiente seguro e acolhedor. Sendo assim, as chances de obedecerem e serem leais são maiores! Além das necessidades básicas de um pet, atenção e carinho devem ser parte do processo de adestração. Afinal, não basta deixá-lo pela casa sem que sobre algum tempinho para ele. Essa atitude só leva o pet a terem comportamentos totalmente opostos ao esperado!

Você já tentou adestrar seu pet? Como foi?

Doce de leite se esconde para brincar com xuxinha de cabelo e se diverte com tutora. Confira:

Comentários
Loading...