Doença de gato: como saber se o felino está doente em 5 passos

Se você está antenado com a saúde do pet, então, venha saber mais!

Anúncio
Baixe nosso aplicativo GOOD NEWS e desfrute do melhor conteúdo da internet!




Ver um pet doente é algo muito triste. Ainda mais se tratando de gato, a situação pode ser mais difícil, já que o felino muitas vezes não demonstra muitos sinais de que está doente. Por isso, preparamos hoje, dia 12/11, um material aqui no blog MyPet, da FolhaGo, para você conseguir identificar 5 sinais de doença de gato.

Gato
Muitas vezes, o felino pode não demonstrar muitos sinais de doença. Fonte:pixabay

Saiba mais: Gato Arisco: Aprenda Essas Dicas E Use A Esperteza; Conquiste O Coração Do Pet Hoje Mesmo

Sintomas silenciosos

Faz parte da natureza do felino esconder que está doente. Isso é questão de instinto, pois na natureza, quem dá sinais de que está debilitado tem menos chance de sobrevivência.

Por isso, observar o comportamento do seu gato é muito importante para identificar sinais de problemas de saúde.

Veja também: Gatos São Sensíveis E Odeiam Broncas; Aprenda Truques Inéditos Para Conviver Bem Com Seu Mascote…

Continua depois da publicidade

Confira, agora, 5 mudanças de comportamento que podem indicar alguma doença de gato:

Apatia

Faz parte do comportamento do gato, mesmo para os mais tranquilos, responder a estímulos de carinho ou brincadeiras de seu dono. Se você procura interagir com seu gato, e ele não responde, fique atento – ainda mais se for um pet bastante ativo.

Continua depois da publicidade

Dificuldade para urinar

Gatos são suscetíveis a problemas urinários (principalmente se eles comem ração de qualidade ruim) e esses problemas podem ser bem sérios.

Se ele vai muito a caixa de areia e ela fica seca, ou faz um xixi muito curto, é sinal de alerta. O contrário, gato que não segura o xixi e faz fora da caixa, também não é normal.

Miado em excesso

Miar é super natural em qualquer gato. O que não é, no entanto, é o miado em excesso e com o aspecto rouco.

Por isso é importante conhecer bem seu felino e saber em quais situações o miado dele é recorrente. Se há alterações sem motivo aparente, pode ser sinal de dor, distúrbio neurológico ou outro problema.

Sensibilidade ao toque

Outro possível sintoma de dor é quando o gato se esquiva ou evita o toque em determinadas regiões do corpo. Se ele adora um carinho no pescoço, por exemplo, e de repente passa a se incomodar com isso, pode ser algum incômodo na região.

Esconder-se do dono

Como parte do instinto de sobrevivência, gatos se escondem para se sentirem mais protegidos quando estão muito debilitados. Se ele apresenta esse comportamento, mesmo que não tenha outros sintomas aparente, leve o pet ao veterinário para investigar o problema.

Confira também: Aprenda A Como Criar Gato Em Casa Com Medidas Práticas E Seguras

Carregando comentários aguarde...
...
...