Doenças comuns nos cachorros idosos e como enriquecer a alimentação para prevenir

Seu cão pode ficar bem nutrido mesmo com a idade. Entenda mais no post.

Anúncio
Baixe nosso aplicativo GOOD NEWS e desfrute do melhor conteúdo da internet!




A idade chega para todos, inclusive para nossos tão amados pets. Um cãozinho idoso geralmente é aquele com mais de 12 anos, mas isso vai depender da raça. É claro que o tempo passa igual para todos os cachorros idosos, mas algumas apresentam traços de senilidade mais cedo que outras.  Para ajudá-lo, nós da coluna My Pets, da Folha Go, preparamos este pequeno post. Trouxemos algumas sugestões de alimentação para prevenir certas enfermidades que acompanham os cachorros mais velhos. Acompanhe em 11 de janeiro.

Assim como os humanos, os cães apresentam alterações fisiológicas com a chegada da velhice, sobretudo ligadas ao seu metabolismo. Por exemplo, um cachorro idoso pode não ter mais energia para correr atrás de uma bola e prefere dormir. 

Essas alterações exigem uma alimentação equilibrada, uma vez que há uma sensível tendência a determinados problemas. Acompanhe e saiba mais detalhes para cuidar do seu velhinho querido.

Leia também: Porque Gatos São Interesseiros? Veja O Que É Falso Ou Verdadeiro E Não Se Engane

Quais as principais doenças que acometem os cachorros idosos?

A principal delas é a obesidade, visto que cachorros idosos ficam menos ativo. Além disso, podem apresentar doenças cardiovasculares, diabetes, renais, hepáticas, diabetes, tártaro (nos dentes), artrite e artrose. 

Continua depois da publicidade
Cuidar de cachorros idosos
Saiba mais dos cachorros idosos  e a alimentação – créditos da imagem: Pexels

Como melhorar a alimentação do cachorro idoso?

A medida que a idade avança, é importante modificar a alimentação canina para equilibrar as deficiências nutricionais, de forma a reduzir os riscos em cachorros idosos. O intuito maior aqui é aumentar sua qualidade de vida na época de sua vida em que está mais sensível e precisando de atenção. 

Continua depois da publicidade

Mais proteínas

Não basta ser apenas proteína, mas sim de qualidade, a fim de aumentar a digestibilidade. Cães mais velhos tendem a perder massa muscular e as proteínas vai ajudar a manter os músculos fortes. 

Caso o cão aceite, você pode oferecer além da ração algumas frutas para ajudar na digestão, mas em pequenas quantidades. Entre elas a manga, mamão e laranja. 

Menos gordura

Sabe aquelas rações que você coloca na mão e ela fica toda gordurosa? Evite-as para seus cachorros idosos. Durante a idade mais avançada, esses cães tendem a ficar mais obesos, dessa forma é necessário promover a redução das comidas calóricas. 

O intuito aqui é manter o peso ideal no pet, portanto se você oferece comidas que não fazem parte da dieta animal, evite isso caso queira que seu cão viva por mais tempo.  

Reduza a quantidade de comida dos cachorros idosos

Outro ponto a ser levado em consideração é a quantidade. Os cachorros idosos não tem a mesma disposição que antes, portanto não conseguem queimar todas as calorias. Isso quer dizer que a quantidade deve ser reduzida, mas cuidado para não oferecer menos nutrientes do que ele precisa.

Leia mais: 5 passos para ter um cachorro mais bonito; confira agora mesmo!

Carregando comentários aguarde...
...
...