- Advertisement -

O que saber antes de adotar um gato? 5 dicas importantes que vão ajudar você

Veja essas dicas e tenha uma relação incrível com seu felino

O que saber antes de adotar um gato | 5 dicas importantes que vão ajudar você Foto - Pixabay
0 64

- Advertisement -

Se você está pensando em adotar um gato, é essencial que o caráter e o comportamento do novo membro sejam iguais aos da pessoa ou da família anfitriã. Assim, vamos garantir uma relação enriquecedora, duradoura e feliz. Aqui estão algumas dicas básicas para ajudá-lo a ter sucesso nesta decisão. Veja hoje (27/10) no My Pet aqui do Folha Go o que saber/fazer antes de adotar um gato.

Adotar um gato

Adotar um gato é uma decisão que deve ser feita com cautela. Quando bem cuidados, os gatos podem viver até 20 anos. Por isso, mesmo que você ache bonito um gato, é importante conhecer um pouco mais sobre esses felinos. Apresentamos a seguir dicas que vão ajudar no convívio.

- Advertisement -

Leia mais: Ração Para Gato Castrado Tem Que Ser Diferente? Veja Cuidados Essenciais Com Seu Pet

5 dicas importantes ao adotar um gato

adotar um gato
O que saber antes de adotar um gato | 5 dicas importantes que vão ajudar você Foto – Pixabay

1. Gatos não são todos iguais

Todos os gatos têm seu próprio caráter. Às vezes eles são tímidos, outros ainda atrevidos ou fofinhos. Portanto, não esperemos adotar um animal desprovido de personalidade, mas sim tentar adaptar a escolha às nossas características e às do ambiente em que nosso felino deverá viver.

Um gato preguiçoso e menos aventureiro é perfeito para um apartamento enquanto um gato mais destemido e corajoso precisa de um espaço ao ar livre para expressar toda a sua vitalidade!

2. Gatos gostam da sua casa

Evite situações estressantes, como mudanças no ambiente ou viagens. Se ficarmos muito tempo longe de casa, é melhor serem cuidados por um amigo ou parente responsável.

A primeira coisa que você deve saber é que os gatos desde pequenos precisam de seu espaço para se sentirem seguros e à vontade. São animais territoriais que precisam de sua área de segurança, que, neste caso, será sua casa.

3. A importância do veterinário

- Advertisement -

Se adotar um gato pequeno, é prioritário ir ao veterinário para um exame minucioso e certificar-se de que está desparasitado e com a carteira de vacinação em dia. Além de verificar possíveis doenças ou infecções que possa trazer do abrigo, da rua ou de onde o tenha recolhido.

Se você adotar um gato adulto, também deve visitar o veterinário para verificar o seu estado de saúde.

4. Momentos juntos

Você também deve saber que os gatos não são animais solitários como se pensa popularmente. Existem gatos que lidam com a solidão melhor do que outros, então se você não passa muito tempo em casa é melhor se informar antes de adotar.

Os gatos, embora busquem momentos de solidão, como todo mundo, são animais que não devem faltar um momento de cuidado e carícias por dia.

Outra opção é adotar dois gatinhos, ao mesmo tempo, desta forma eles não se sentirão sozinhos e você poderá se ausentar sem se sentir culpado.

5. Peça conselhos

Se você tem outros animais de estimação, saiba que os gatos são muito territoriais e não se dão bem com todo mundo. Ao adotar, peça conselho à equipe do abrigo para escolher o mais adequado para o seu ambiente

Além disso, é claro, você deve ter certeza de que o animal de estimação que você já possui aceitará a chegada de um novo membro. A apresentação do novo gato aos demais animais de estimação devem ser feita aos poucos e sob supervisão.

Portanto, adotar um gato é uma decisão importante e eles precisam de cuidados, assim como os cães.

Por fim, leia mais: Gatos São Mal-Humorados? Saiba Agora Se O Que Dizem É Falso Ou Verdadeiro

Gatos engraçados, cheios de charme e espertos. Veja que fofos!

- Advertisement -

Comentários
Loading...