Carinho no gato idoso: veja como lidar com seu pet e agradar em cheio em 5 passos

Veja essas dicas

Foto do revisor (Larissa Gusmão Ambrósio de Faria)
Revisado por: (Larissa Gusmão Ambrósio de Faria)
Anúncio
Baixe nosso aplicativo GOOD NEWS e desfrute do melhor conteúdo da internet!




O que você vai saber!

Continua depois da publicidade

Existe uma piada recorrente entre os tutores de gatos: a casa é do nosso gatinho (ou gatinhos), a gente só paga o aluguel. Esta máxima assume todo o seu significado quando também falamos de carinho no gato idoso, afinal ele já é um dono velho, mas que também gosta de um dengo. Veja hoje, 9 de dezembro, aqui no blog My Pet do Folha Go como fazer carinho no gato idoso.

Ademais, acompanhe também: Raça de gato khao manee: veja como é lindo esse felino

Carinho no gato idoso
Carinho no gato idoso: veja como lidar com seu pet e agradar em cheio em 5 passos Foto – Pixabay

Saiba como fazer Carinho no gato idoso

Você está lá, ao lado de seu gatinho, e tudo que você precisa fazer é acariciá-lo por um tempo. Você precisa disso porque ele é tão adorável! E depois de um dia estressante no trabalho, é só isso que te deixará relaxado.

Infelizmente, o gato não compartilha da mesma ideia: não se passa nem um minuto, e lá vai ele com desdém, mesmo que para você ainda não tenha sido o suficiente, para ele, basta. Soa familiar? Quando estamos falando de um gato idoso, isso é ainda mais comum. Então, é preciso cautela.

Notícias relacionadas

Psitacídeos: descubra tudo sobre a família de aves…

Continua depois da publicidade

Saiba tudo sobre o dócil Bulldog Francês: Ele é…

Continua depois da publicidade

Onde acariciar o gato

Não existe uma regra que se aplique a todos os gatos, porque cada indivíduo é único e pode ter necessidades ou preferências específicas, o mesmo vale para gato idoso.

Também deve ser considerado que o nível de tolerância de um gato à nossa atenção também depende de suas experiências iniciais, como quanto e como foi manuseado quando criança. Em geral, porém, é possível identificar áreas que são mais agradáveis para o gato do que outras.

  • Entre elas, certamente encontramos as áreas do corpo onde estão as glândulas odoríferas. Estas são particularmente apreciadas pelo gato, porque é através destas glândulas que conseguem espalhar o seu cheiro e criar um ambiente sereno e familiar à sua volta, além disso, ao transmitir seu cheiro em nossas mãos, nossa relação poderá ser fortalecida: o gato nos achará mais familiares e provavelmente nos procurará com mais frequência, já que estamos impregnados de seu cheiro.
  • O dorso é uma área um pouco mais delicada, especialmente a parte final perto da cauda. Aqui também estão as glândulas odoríferas e alguns gatos gostam de ser acariciados ali, mas a maioria não aceita muito bem;
  • Saiba ainda que pernas, barriga e cauda não são áreas muito apreciadas pelos gatos, mas isso também depende da relação de confiança que se criou entre vocês.
  • Após escolher com cautela a área, finalmente, outro passo é a paciência. Vá sempre com calma e respeite o gato. Se ele não quer carinho, não insista.

Por fim, leia também:  Quais são os felinos mais inteligentes? Veja se você concorda com a seleção da mídia

Fique aqui mais um pouquinho e veja o gato Boquinha comendo papinha na colher

Carregando comentários aguarde...
...
...