Por que o gato castrado engorda depois da castração? Entenda melhor

Vamos entender mais por que isso acontece?

Foto do revisor (Gabriel de Faria)
Revisado por: (Gabriel de Faria)
Anúncio
Baixe nosso aplicativo GOOD NEWS e desfrute do melhor conteúdo da internet!




A esterilização de animais de estimação é uma tendência cada vez mais difundida e recomendada por especialistas e veterinários, seja para controlar a natalidade e evitar possíveis abandonos no futuro, seja para garantir o bem-estar de nossos animais e favorecer a convivência com eles. Sendo assim, veja hoje (31/12), aqui no blog My Pet do Folha Go, por que o gato castrado engorda depois da castração. Confira!

Veja também: O que fazer quando um cachorro avança na rua? 5 estratégias para guardar e usar

Por que o gato castrado engorda depois da castração?

Uma das alterações fisiológicas associadas à esterilização em gatos é a obesidade. Isso porque a obesidade está relacionada às alterações que ocorrem no metabolismo do felino. Vamos entender por que isso acontece? Continue lendo o texto para saber mais.

gato castrado engorda depois da castração
Por que o gato castrado engorda depois da castração? Entenda e saiba o que fazer. Foto – Pexels

Desaceleração do metabolismo do gato castrado

Os gatos castrados sofrem uma desaceleração do metabolismo como consequência da redução dos hormônios sexuais circulantes (testosterona e estrogênios). É um processo semelhante ao que ocorre em gatos idosos ou geriátricos.

A diferença é que um gato jovem tende a ter mais apetite do que um gato idoso, então pode ser que mantenha o nível de ingestão de alimentos e, no entanto, seu metabolismo não seja capaz de se ajustar.

Continua depois da publicidade

Mudanças comportamentais após a castração

Gatos esterilizados apresentam menor atividade física e, portanto, menor gasto energético.

Regulação do apetite

Sobretudo, parece que a esterilização também afeta a atividade de alguns hormônios não sexuais, como a leptina, que está envolvida no processo de crescimento e aumento do tecido adiposo. Em gatos esterilizados, é observada uma síndrome de resistência a esse hormônio.

Portanto, é necessário adaptar o plano nutricional do seu gato à sua condição de gato esterilizado: escolhendo, por exemplo, uma ração para gatos esterilizados.

Dicas para manter o gato saudável

  • Deixe seu gato brincar todos os dias, mesmo que você tenha apenas um quarto de hora livre. Não só vocês vão se divertir juntos, mas este exercício extra será bom para a saúde do seu pet;
  • Coloque brinquedos com aperitivos para o gato. Ele achará este exercício ainda mais divertido e se manterá saudável;
  • Sempre deixe água potável à sua disposição, de preferência em vários lugares da casa. Isso chamará a atenção do seu gato e o incentivará a beber com mais frequência.

Leia também: Animais indesejados: como acabar com traças e baratas? Proteja os pets e crianças

Alimentando gato com frutas. Veja!

Carregando comentários aguarde...
...
...