Como criar um réptil de estimação? 5 erros para evitar e que nunca te contaram

Erros que você pode evitar na hora de escolher seu réptil

Anúncio
Baixe nosso aplicativo GOOD NEWS e desfrute do melhor conteúdo da internet!




Criar um pet não é uma tarefa fácil, requer muitos cuidados e dedicação. Sobretudo criar répteis se tornou cada vez mais comum e muitas pessoas até preferem. No entanto, muitos erros ainda levam as pessoas a terem problemas com esse tipo de animal. Por isso, como criar um réptil de estimação pode ter cuidados dobrados. Contudo, nesta terça-feira (30/11) o Blog My Pet do Folha Go te fala sobre cinco erros que vc precisa evitar quando o assunto é esse.

Leia também: Quando começar o adestramento do cachorro? Veja 5 dicas para fazer em casa

Como criar um réptil de estimação

Antes de tudo, como animais de estimação, os répteis domésticos são conhecidos por serem fascinantes e até mesmo fáceis de cuidar. No entanto, ter esses animais em casa exige grande responsabilidade, o que começa com a compra do pet de forma legalizada. Portanto, quais os erros que você tem que evitar?

Animais permitidos pelo IBAMA

Pesquise as espécies permitidas pelo Ibama para ter em casa. Além disso para comprovar que seu pet nasceu em um cativeiro registrado pelo IBAMA e não retirado da natureza, você deve exigir sempre a Nota Fiscal.

Como criar um réptil de estimação? 5 erros para evitar e que nunca te contaram
Animais permitidos pelo IBAMA | Foto: Canva

Não são animais amistosos

Se você está buscando por pets receptivos, talvez os répteis de estimação não sejam os mais indicados. Eles não estarão a todo momento ao seu lado, não pedirão por carinho ou mesmo poderão passear com você no parque. Contudo, se você busca por uma companhia tranquila e dócil, estes serão animais perfeitos para você.

Continua depois da publicidade

Caso tenha crianças em sua casa, pode não ser uma boa ideia ter répteis de estimação. Isso porque, ao mesmo tempo em que chamam muito a atenção, também podem não se adaptar bem com as carícias e brincadeiras vindas dos pequenos.

Continua depois da publicidade

Alimentação específica

Répteis de estimação costumam ter uma dieta diferenciada. Há aqueles que preferem uma alimentação baseada apenas em folhas e plantas. Porém, existem outros que também se alimentam de outras espécies de animais. Os insetos vivos geralmente são uma boa opção para que sejam fornecidos os nutrientes necessários para a sua saúde.

Répteis precisam de espaço

O cuidado mais importante ao decidir adotar um réptil é garantir que ele terá um espaço adequado para a sua espécie e estilo de vida. Vale lembrar que ele deve ser espaçoso, pois seu pet crescerá conforme o tempo. Além disso, os répteis de estimação são animais pecilotérmicos, ou seja, mudam de temperatura de acordo com o ambiente.

Para isso luzes de aquecimento, raios ultravioleta, pedras que aquecidas, troncos, galhos e água limpa contribuem para o seu bem-estar.

Como criar um réptil de estimação? 5 erros para evitar e que nunca te contaram
Iguanas em um ambiente certo | Foto: Canva

Verifique se eles tem microchip

De antemão, para que você compre seu pet de forma segura e legalizada é importante verificar se ele está com o microchip. Todos os répteis de estimação legalizados pelo IBAMA precisam ter obrigatoriamente um este chip.

Leia ainda: Tosa de cachorro: confira 5 dicas para cuidar do seu pet em casa

E mais, veja esse vídeo de gatinhos sapecas, você vai amar. Curta e se inscreva no canal!

 

Carregando comentários aguarde...
...
...