Cachorro envelhecendo: confira 5 sinais de que seu cachorro está velhinho

Confira alguns cuidados que podem te ajudar a cuidar bem do melhor amigo

Foto do revisor (Gabriel de Faria)
Revisado por: (Gabriel de Faria)
Anúncio
Baixe nosso aplicativo GOOD NEWS e desfrute do melhor conteúdo da internet!




O que você vai saber!

Continua depois da publicidade

Assim como nós temos as fases da vida, os animais também têm e nunca é fácil. Mas você já teve um cachorro idoso ou conviveu com um? A gente sabe que quando chega essa fase os tutores tem muitas dificuldades para cuidar do cãozinho. É por isso que o Blog My Pet do Folha GO de hoje (28/11) fala quais são os sinais de que seu dog chegou à velhice e mostra alguns cuidados que você deve ter. Confira.

Leia ainda: Como saber a idade de um gato: veja dicas para fazer o cálculo correto

Cachorro envelhecendo

Como se sabe, a expetativa de vida varia bastante de raça para raça de cachorro. Assim, o que se sabe atualmente é que cães, em geral, podem ser considerados idosos quando completam 8 anos. Nesse sentido, a partir dos 12 anos, os cuidados devem ser ainda maiores. Apesar da idade, você deve ter em mente que um cachorro idoso não é um animal doente. Inclusive, muitos continuam ativos e saudáveis.

Cachorro idoso: confira 5 sinais de que seu cachorro está envelhecendo
Cachorro grisalho | Foto: Canva

Como identificar que o cão se tornou idoso?

Notícias relacionadas

Pelo curto americano: saiba tudo de um dos gatos…

Continua depois da publicidade

O que é um gato malhado? Saiba tudo sobre esse…

Continua depois da publicidade

A princípio, existem muitos sinais para saber se o seu cachorro já está idoso. Veja:

  1. Pelos grisalhos: o primeiro sinal é clássico. Os cães também ficam grisalhos. Começam esbranquiçar na região ao redor dos olhos e do focinho.
  2. Mobilidade reduzida: como resultado da idade avançada, problemas como artrite, artrose, problemas nas juntas e na coluna podem aparecer. Em decorrência disso, os cachorros idosos podem ficar com a mobilidade reduzida.
  3. Sem vontade de passear e brincar: justamente por causa da mobilidade reduzida, o cãozinho pode não querer brincar e passear mais.
  4. Dormindo mais: um cachorro idoso tende a dormir mais e a passar mais tempo deitado.
  5. Convivência com outros pets: alguns cachorros idosos podem não querer contato com outros animais, tanto pela questão da mobilidade quanto por não terem mais tanta disposição.
Cachorro idoso: confira 5 sinais de que seu cachorro está envelhecendo
Cachorro envelhecendo | Foto: Canva

Cuidados essenciais com o cachorro idoso

Sendo assim, o acompanhamento veterinário deve ser mantido com especial frequência quando o cão é idoso. Isso porque eles são mais suscetíveis a doenças. Mantenha alguma atividade física, como caminhadas, mas cuidado com a intensidade. Água e alimentação são muito importantes também. Por fim, seja muito paciente com o cachorro idoso. Toda sua atenção e seu amor serão necessários nessa fase.

Leia agora: Gatos e pepinos: saiba verdades e mistérios que deixam os pets enlouquecidos e confira um alerta

Anástacia não divide casaco

Carregando comentários aguarde...
...
...