Cachorros peidam! Como assim? Conheça as 5 raças que mais sofrem com gases

Se o seu cãozinho solta pum com aquele cheiro insuportável e você não sabe o que pode ser, a matéria de hoje esclarece

Cachorros peidam e sofrem com gases. Sim, é sobre isso que hoje (02/03) o Noticias Pet do Folha Go vai falar mais a respeito. Imagine, você está em casa assistindo TV com seu animal de estimação. O filme deixa você tenso, você olha para o seu cachorro, ele te encara balançando o rabo e você volta ao filme.

Então, sem aviso prévio, um cheiro horrível preenche a sala. Daí vem aquela pergunta espontânea – O que é isso meu povo?  De onde vem essa bomba fedorenta? Não duvide, pois, foi seu cachorro quem fez isso.

Aliás, cá entre nós, é bem assim que acontece, e se você é dono de um animal de estimação, já deve ter passado por situações bem parecidas com essa.

Mas, ao contrário, tenho amigos que juram que os puns dos cães não cheiram tão mal. No entanto, deixando de lado aqueles mentirosos que tenho como colegas, o normal é que os gases do nosso amigo pet, na maioria das vezes,  saem tão silenciosos quanto mortalmente nojentos e fedidos. Qual é a razão?

Ademais, leia também: Cachorro entende o que a gente fala? Descubra nesse post

Motivos pelos quais os cachorros ‘peidam’

cachorros que peidam
Sim! É normal os cachorros peidarem Foto: Petiko

Alguns fatores contribuem para os gases dos cachorros. Esses fatores seriam os seguintes:

  • O que come: Alguns alimentos “aumentam” a flatulência em cães. Exemplos disso são feijão, couve-flor ou soja.
  • A maneira como come: uma grande fonte de gases intestinais vem do ar que o cão engole enquanto se alimenta. Se o cão engolir muito rápido ao se alimentar, provavelmente engole muito ar. Pelo que sabemos, esse ar só pode sair arrotando ou “por trás”, embora neste caso não deva ser odorífero.
  • A raça: algumas raças são mais propensas a flatulência do que outras. Por exemplo, buldogues, pequinês ou terriers (todos respiram pela boca, por isso engolem mais ar). Também nesta lista estão o pastor alemão, mastim, poodle ou beagle.
  • Alguma doença: É possível que tudo se deva a alguma enfermidade do cão. Nesse caso, devemos ir ao veterinário.

O que fazer se o cachorro ‘peida’ muito?

Levando em consideração o que foi dito acima, você pode tomar algumas medidas que podem ajudar seu amigo a ter uma digestão menos exigente e a tornar sua sala de estar mais confortável:

  • Compre alimentos de melhor qualidade: Alimente seu cão com alimentos da mais alta qualidade que se encaixam no seu preço e nas recomendações que você vê: alto em proteínas e sem abusar de milho, trigo ou soja.
  • Comida humana, melhor não: sabemos que eles adoram, mas se você também evitar dar-lhes comida humana, especialmente se for gorda, açucarada ou rica em carboidratos, você também pode reduzir seus gases.
  • Mude sua dieta progressivamente: qualquer mudança na ração ou na alimentação em geral deve ser feita aos poucos. Não o transforme em um cão saudável da noite para o dia, porque ele certamente responderá a você com os piores peidos de sua vida e também não se sente muito bem.
  • Aumente o exercício: você não se sente mais leve quando faz exercício? Bem, a mesma coisa acontece com seu cachorro. O exercício estimula o intestino a fazer seu trabalho com eficiência e, quanto mais eficiente for a digestão, menos gás será produzido no processo.

Quando se preocupar?

cachorros que peidam
Alguns casos, quando é em excesso os peidos é bom ficar atento Foto – Perito Animal

A flatulência canina persistente e constante pode ser um sinal de um problema maior.

Doenças como inflamação do intestino grosso e parasitas intestinais podem ser responsáveis ​​por você sentir que precisa de uma máscara de gás o dia todo. Não ignore quaisquer alterações no nível de flatulência do seu cão, pois podem ser um indicador do próprio problema.

Por último, se os gases do seu cão forem acompanhados de vômito ou diarreia, ou qualquer outro sintoma incomum, não hesite em consultar o veterinário o mais rápido possível.

Peidar é normal, mas se já for muito gás, com muita frequência, verifique primeiro a dieta do seu cão. Certifique-se de que seu cão faça bastante exercício físico, não alimente-o com sobras e verifique sintomas incomuns que vão além de simples peidos.

Raças de cachorros que peidam e tem gases

Embora ser flatulento aqui e ali seja normal para cães, definitivamente não é algo que você queira presenciar com frequência e tornem um hábito. Avalie todas as dicas e não hesite em buscar ajuda para amenizar as causas.

E embora tenhamos mencionado que dieta e outras coisas são as principais causas de gases em cães, existem algumas raças de caninos por aí que parecem adorar a passagem de gases mais do que outras, incluindo:

  • Boxer
  • Golden Retriever
  • Pug
  • Pitbull
  • Beagle

Bônus

E por último e não menos importante, se perceber que o pet está com fadiga ou cólicas abdominais, saiba que uma boa massagem ou bolsa térmica pode aliviar os gases no pet. Afinal, além de diminuir os desconfortos do seu amigo de 4 patas também relaxa e o animal.

Por fim, veja também: Linguagem corporal dos gatos: entenda o que seu pet quer dizer

Para obter mais conteúdos siga o Folha Go no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.