Conheça as 6 raças de cachorro mais raras do mundo

Confira as raças de cachorro mais raras do mundo e descubra as principais características de cada um desses encantadores e exóticos pets

Você sabia que existem mais de 400 raças de cães no mundo? E cada dia aparecem novos animais resultado de cruzamentos entre raças. Dessa forma, trazemos hoje (23/03) aqui no Blog Pets do Folha Go uma lista completa das raças de cachorro mais raras do mundo. Então aproveite e divirta-se.

Conheça as 6 raças de cachorro mais raras do mundo
Conheça as 6 raças de cachorro mais raras do mundo – Imagem: Divulgação istockphoto

Veja também: 7 raças de cachorros em extinção para conhecer agora

Raças de cachorro mais raras do mundo

A Federação Cinológica Internacional (FCI) reconhece aproximadamente 350 raças de cachorro em todo o mundo. Todavia, existem muitas raças novas de cães que são consideradas raras e que por falta de catalogar um grande número de animais não podem ser reconhecidas pela associação.

Dessa forma, muitas raças nunca nem ouvimos falar. Mas isso não quer dizer que não sejam incríveis, e sim que vale a pena dar uma conferida. Veja a seguir o que separamos dessas raças maravilhosas.

1. Catahoula – Cão Leopardo

A raça de cães oficial do estado da Lousiana, nos Estados Unidos ganhou esse nome por causa de sua pela multicolorida. A raça é uma mistura de várias outras nativas e exóticas. E acredite, os cães da raças são conhecidos pelas habilidades de caça e escalar árvores. Incrível, não é mesmo?

2. Pumi

O Pumi é um cachorro húngaro e muito difícil de ser encontrado fora de seu país de origem. Este cãozinho de apenas 44 cm é cheio de energia e alegria, sendo uma combinação de agilidade com coragem destemida e muito amor.

São ótimos companheiro, mas talvez você precise viajar um pouco para conseguir um cãozinho da raça.

3. Cão de Crista Chinês

Conheça as 6 raças de cachorro mais raras do mundo
Conheça as 6 raças de cachorro mais raras do mundo – Imagem: Divulgação depositphotos

Confira também: Cão de Crista Chinês: conheça mais sobre essa raça exótica e cheia de amor

O cão de Crista Chinês é um cão de dinastias! Vem da Dinastia Han na China, embora não se saiba sua origem precisa. Os cães da raças são muito ativos e exóticos e apresentam o corpo sem pelos, exceto nas orelhas e nas patas. Todavia, existe uma variação da raça com pelos lindos e compridos.

4. Bedlington terrier

Este pequeno cão britânico é um ótimo companheiro canino. Tem uma personalidade alegre e dócil, e é claro muito inteligente. Qual Terrier não é? A característica mais marcante é sua estrutura, digamos um pouco peculiar. Sendo assim, por ter uma pelagem encaracolada, também é conhecido como o “poodle ovelha”.

5. Saluki: Raça dos Deuses

Conheça as 6 raças de cachorro mais raras do mundo
Conheça as 6 raças de cachorro mais raras do mundo – Imagem: Divulgação worlddogfinde

O Saluki é uma das raças mais antigas do mundo, originária do Oriente Médio e considerado como presente de Allah aos árabes. Várias raças participaram do formação do Saluki, como galgos egípcios e asiáticos. Dessa forma, era considerado o cão real no Egito antigo e o cão mais veloz do mundo.

Você sabia que um filhote de Saluki pode chegar a 300 mil reais dependo do pedigree, ou seja da pureza da raça? Sendo assim, uma pequena fortuna em quatro patas.

6. Löwchen

O cão da raça Löwchen surgiu na Alemanha e França sendo o animal de estimação dos nobres. A raça é bastante dócil e elegante, quase entrou em extinção e nos anos 70 só haviam 65 exemplares no mundo todo. Contudo, hoje existem um número maior espalhado pelo mundo, no entanto, ainda é considerado raro.

Portanto, se você gostou dessa matéria sobre as raças de cachorro mais raras do mundo, confira mais sobre o mundo pet no nosso blog.

Leia também: Animais clonados: veja o primeiro clone de espécie em extinção

Para obter mais conteúdos siga o Folha Go no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.