Veja 15 curiosidades sobre os cachorros da rainha Elizabeth

A maioria dos cachorros da rainha são da raça Corgi e ela não os perdi de vista

Quem acompanha o dia a dia da família real da Inglaterra sabe que parte dos integrantes é formado pelos cachorros da Rainha Elizabeth. Isso porque, ela possui muitos deles, e os trata de uma forma muito especial. Mas então, você sabe quais as raças de cachorros e de outros animais do Palácio Real? Para saber quais são elas, acompanhe a matéria que o blog de Notícias Pets, preparou para você nesta segunda-feira (01/03).

Primeiramente, Elizabeth se apaixonou por cães na sua infância e ao conhecer pets da raça corgi, seu pai deu-lhe de presente um filhote.

O nome escolhido para esse sortudo foi Dookie. E foi assim que  a ‘família’ da futura governante só aumentou, e até hoje são em média 30 animais que já viveram noPalácio de Buckingham.

Regalias não faltam para os pets e estão sempre no radar dos súditos. A maioria dos cachorros da rainha Elizabeth são da raça Corgi, todos eles recebem cuidados especiais de acordo com o status que eles possuem. Entretanto, existem algumas curiosidades em relação a eles que algumas pessoas não conhecem.

Leia também: O que as cores das raças de gatos tem a nos dizer? 

Veja 15 curiosidades sobre os cachorros da rainha Elizabeth

"<yoastmark

1 – Refeições dos cães 

Assim como é de se imaginar os cachorros da rainha Elizabeth vivem cercado de luxo. Isso também inclui o cardápio da alimentação deles, que é prepara por um chefe de cozinha.

2 – Quarto dos cães 

O local onde seus dogs dormem também é uma das preocupações de Elizabeth, por isso seus cachorros possuem o próprio quarto no Palácio de Buckingham.

3 – Viagem na primeira classe 

Os cachorros da rainha Elizabeth estão acostumados com uma rotina que poucos cães conhecem, as viagens de avião. Inclusive, eles fazem isso na primeira classe.

4 – Passeios diários 

Aliás, os cachorros não passeiam somente de avião.  Também há uma obrigatoriedade para que eles caminhem no jardim pelo menos uma vez por dia.

Como você já deve ter notado, os cachorros da rainha Elizabeth fazem parte da família real, e por conta disso, eles participam das celebrações familiares.

6 – O papai noel também deixa presente para eles 

Por falar em celebrações, existe uma delas que os cachorros se dão bem, que é no Natal. Nesta ocasião os Curjis ganham até presente em baixo da árvore.

7 – O nome deles não podem ser envolvidos em piadas 

Se tem uma coisa que a rainha presa é pelo nome de sua família, incluindo a de seus cachorros. Ela faz questão de dizer, que não gosta de ver o nome deles envolvidos em piadas.

Você também pode gostar de ler: Reencontro dos Cachorros da Lady Gaga: saiba todos os detalhes do resgate aqui

 

E a lista continua cheia de fatos interessantes

Mas, antes disso, saiba também  que eles são tão ilustres que foram estrelas num filme das Olimpíadas de 2012. Incrível, não acha? Por essa você não esperava!

8 – Eles só escutam “Não” de uma pessoa 

Somente uma pessoa está autorizada a brigar com os cachorros da rainha, que é ela mesma. Mas, cá entre nós, com tanta mordomia eles não devem dar motivos, não é mesmo?

9 – Não podem brigar 

Os cachorros da rainha devem seguir uma regra, que é não brigar entre eles. E se eles não seguirem, podem acabar ficando de castigo.

10 – Eles já feriram sua dona 

Houve uma ocasião em que Elizabeth teve que levar pontos, por conta de uma briga entre seus filhos de quatro patas. Devido a isso, ela criou a regra de que eles não podem brigar entre si.

11 – Possuem linhagem de longos anos  

Os cachorros de Elizabeth são crias de outros cachorros que a rainha já teve. Entretanto, depois que dois deles morreram com câncer ela decidiu parar com a linhagem.

12 – A raça dos cachorros já tem mais de 3 mil anos 

A raça dos cachorros de Elizabeth, já possuem mais de 3 mil anos de história. Mas, claro que já sofreram transformações.

13 – São muito inteligentes 

Os cachorros da rainha Elizabeth possuem uma inteligência surreal. Isso faz parte de uma das características da raça desse animal.

14 – Os Corgis eram premiados pela sua lealdade

Assim como os da rainha Elizabeth, os corgis também são reconhecidos por sua lealdade, e no passado eles já foram premiados por isso.

15 – Cemitério real 

Por último, mas não menos importante, é em relação ao local que os cachorrinhos são enterrados quando falecem. É em um cemitério real, ao lado do Susan, primeiro cachorro da rainha.

Confira ainda: Meu cachorro não está urinando; confira os sinais de problemas agora mesmo

Para obter mais conteúdos siga o Folha Go no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.