Animais clonados: veja o primeiro clone de espécie em extinção

A clonagem pode ser a esperança de espécies ameaçadas de extinção.

O primeiro animal clonado do mundo foi a ovelha Dolly, em 1997, esse experimento chocou muita gente na época e desde então outros animais já foram clonados. Hoje, 21/02, o blog Pets do Folha GO te conta mais sobre os animais clonados. 

Leia mais: Raças de gatos gigantes mais raras do mundo; conheça as principais

Recentemente uma notícia ótima e muito importante foi divulgada. O primeiro animal de uma espécie em extinção foi clonado. Isso pode dar esperança para muitos animais ameaçados. 

Conheça o primeiro animal em extinção clonado 

animais-clonados-2
A primeira espécie ameaçada de extinção clonada, foi o furão de pés pretos.

Primeiramente, esse experimento ocorreu nos Estados Unidos, quando cientistas, pela primeira vez, clonaram um animal que está ameaçado de extinção.  

O bicho em questão é um furão de pés pretos, e o clone recebeu o nome de Elizabeth Ann. A fêmea foi criada com células congeladas de outro furão de pés pretos, a Willa, que morreu 30 anos atrás. 

A criação desse animal ocorreu no dia 10 de dezembro de 2020, com o objetivo de conseguir resgatar essa espécie da extinção. 

Atualmente, todos os furões dessa espécie são descendentes de apenas sete seres, portanto, a espécie fica limitada, prejudicando a continuidade desses na natureza. 

De acordo com estudos divulgados, as células congeladas da Willa, possuem três vezes mais variações genéticas que a população de furões de pés preto vivos. Ou seja, esse clone vai ser a peça fundamental para a procriação da espécie. 

Leia mais: Cachorro grande: 6 dicas incríveis para cuidar do seu amigo gigante

Conheça outros animais clonados, além da ovelha Dolly 

animais-clonados-3
A primeira pet foi clonada em 2001. (Imagem: PxHere)

Os macacos Zhong Zhong e Huahua foram os primeiros primatas que foram clonados. Eles foram gerados a partir de uma célula adulta. Esse experimento sobre os animais clonados ocorreu na China, no Instituto de Neurociência da Academia Chinesa de Ciências. 

No ano de 2000, cientistas fizeram o anúncio que os primeiros porcos haviam sido clonados. Isso ocorreu através da transferência de núcleo de célula adultas. No total, foram 5 porquinhos, e seus nomes foram: Christa, Millie, Dotcom, Alexis e Carrel. Essa experiência trouxe ótimos resultados para os estudos sobre transplante de órgãos. 

Em 2001, ocorreu a primeira clonagem de um pet, na Texas A&M University. Uma gata foi clonada e ganhou o nome de CC, ou seja, uma abreviação de CopyCat.

Um fato curioso, é que a pet que doou o material genético e o clone não eram idênticas na aparência, pois seus pelos apresentavam cores diferentes, contudo, o material genético do experimento feito era exatamente igual. 

Por fim, alguns anos depois, o primeiro veado também foi clonado pela mesma universidade do Texas que a gatinha CC. A segunda experiência em Texas ocorreu em 2003, dois anos depois da felina. 

Leia mais: Plantas tóxicas para gatinhos: saiba quais são e proteja seu pet

Enfim, vocês sabiam que há tantos animais clonados além da ovelha Dolly? Esses estudos podem ajudar as diversas espécies que estão ameaças de extinção.

Vamos torcer para que cada vez mais essa modalidade da ciência evolua, trazendo melhores resultados para a nossa fauna ao redor do mundo.

Para obter mais conteúdos siga o Folha Go no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.