Bem estar animal: curso para cuidar de vítimas de maus tratos é lançado no Paraná

O curso terá início no segundo semestre de março e é gratuito

É quase impossível imaginar um ser humano maltratando um animal, porém isso é muito comum, infelizmente. Mas como agir diante de um problema como esse, você sabe? Com a finalidade de dar assistência em situações como essa, o Governo do Estado do Paraná lançou recentemente um curso online e gratuito. Continue ligado aqui que já já você consegue entender a proposta dia 04 de Março.

Esse curso pode ser feito por protetores de animais independentes, zootecnistas, médicos veterinários, membros da sociedade civil envolvidos com a proteção animal e técnicos das mais de 399 prefeituras do estado.

Caso tenha interesse, as inscrições no curso online podem ser feitas até esta sexta-feira (05/03).

A pessoa que desejar se inscrever, deverá fazer isso por meio deste link, clicando aqui.

"<yoastmark

Você também pode gostar: Como posso entender o meu cachorro? Veja alguns sinais que ele te ama

Qual o objetivo do governo com esse tipo de curso?

Certamente, a ideia segundo o Governo do Estado do Paraná, por meio da Secretaria do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo é de que seja possível ter pessoas capacitadas. Primeiro, para que possam prestar socorro aos animais vítimas de maus-tratos.

Além disso, ainda segundo a secretaria, os maus tratos de animais é uma triste realidade no estado.

Vale destacar que, esta é uma ação que envolve o Núcleo de Educação à Distância da Unicentro/NEAD Unicentro, o Governo do Estado, por meio da Secretaria do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo do Paraná/Sadest-PR e a Proteção Animal Mundial.

Confira:Como cuidar da ansiedade dos cães: entenda as causas mais comuns para evitar

Como serão as aulas?

Por conta da pandemia, as aulas acontecerão no formato online e serão divididas em três módulos, confira abaixo quais são:

– Conceitos Fundamentais e Legislação Incidente;
– Registro de Denúncias e Atendimento aos Maus-tratos;
– Maus-tratos e Educação Ambiental.

Os participantes que fizerem a inscrição participarão do curso que tem duração de três meses.

O início está previsto, segundo o Governo do Estado, para a segunda quinzena de março.

Caso você presencie alguma situação de maus tratos aos animais, saiba que pode denunciar. Basta  ligar para o número 0800 61 8080, mandar o e-mail para linhaverde.sede@ibama.gov.br.

Outra forma simples de fazer uma denúncia e ter chance de salvar a vida do animal é por meio da delegacia eletrônica de proteção animal.

Vale ressaltar que qualquer tipo de maus tratos aos animais é crime, previsto na Lei nº 9.605.

A pena para quem cometer esse ato terrível é de 2 a 5 anos de prisão. Além disso, quem comete o crime não poderá mais ter a guarda de um animal.

Leia ainda: Gatos de duas caras: conheça essa anomalia e porque eles ficam assim

Números alertam para aumento nos casos de maus-tratos

"<yoastmark

Além desse, outro dado alarmante divulgado pelo Ibope em uma pesquisa feita no ano de 2019 e que entrevistou 2 mil pessoas, aponta que de 92% que viram os maus tratos, apenas 17% denunciaram. Imediatamente isso precisa mudar.

Já outro dado ressalta a importância de fazer o curso. Isso porque de acordo com a Delegacia Eletrônica de Proteção Animal (Depa), em 2020, houve um aumento de 10% nas denúncias de crimes contra animais. Conheça mais do curso e decida logo a começar.

Como resultado, muitos acreditam que seja por conta da pandemia. São momentos em que os donos dos animais ficam mais tempo em casa, pode ser uma possibilidade e prejudicar o pet. Nesse sentido, os bichinhos ficam mais vulneráveis aos maus-tratos.

Agora basta saber também sobre os Gatos de duas caras: conheça essa anomalia e porque eles ficam assim

Para obter mais conteúdos siga o Folha Go no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.