Março Amarelo Pet: como prevenir doenças no seu bichinho?

Doenças renais podem ser provocadas por descuidos básicos no dia-a-dia; fique de olho e evite problemas

O Março Amarelo Pet é um período de grande importância para a saúde de cães e gatos. Não sabe do que se trata, mas quer ajudar seu bichinho de estimação a se manter saudável? Então dá um olhada neste texto, que nós do Blog Pets te contamos tudo direitinho.

Não deixe de ler também: Como preparar a casa para receber um filhote de cachorro?

Nesse mês, os especialistas destacam diversas ações de prevenção contra doenças renais (Imagem: Prefetura de Itapevi/Flickr)

Os humanos não são os únicos a sofrerem com doenças pouco conhecidas no cotidiano. Por essa razão, veterinários criaram uma série de campanhas ao longo do ano para facilitar a vida de quem tem um cachorrinho ou gatinho. O objetivo é conscientizar e ensinar sobre a saúde animal.

Uma dessas campanhas é a do Março Amarelo Pet. Nesse mês, os especialistas destacam diversas ações de prevenção contra doenças renais e que podem ser aplicadas de maneira muito simples.

Não é preciso gastar muito dinheiro e nem ter grandes conhecimentos sobre a vida animal. Ficou curioso? Então dá uma olhada?

Antes de tudo: O que são as doenças renais tratadas no Março Amarelo Pet?

 

A palavra “renal” pode ser um pouco difícil de entender para quem não é médico ou veterinário. Mas, de forma mais simples, ela quer dizer “algo relacionado ao rim”.

Março Amarelo pets
Março Amarelo e os cuidados com a sua dos rins dos pets | Imagem Veja

Ou seja: as doenças renais afetam o rim dos bichinhos e prejudicam o processo de filtragem dos líquidos ingeridos por eles.

Nesse meio, as patologias mais comuns são desencadeadas em pets mais velhos, mas podem ter origem em problemas genéticos ou a partir de descuidos na dieta do bicho.

A insuficiência renal é a doença mais grave entre os bichos e a falta de cuidado pode levar um animalzinho à morte em até poucos meses.

Os veterinários que tratam das campanhas do Março Amarelo Pet dizem que qualquer animal, cão ou gato, pode sofrer com o problema.

No entanto, doenças renais chegam mais facilmente para algumas raças.

Cães: Beagle, Bull Terrier, Chow Chow, Cocker, Dachshund, Lhasa Apso, Maltês, Pastor Alemão, Pinscher, Poodle, Shar Pei, Shih Tzu e Schnauzer.

Gatos: Absínio, Azul Russo, Maine Coon, Persa e Siamês.

Fique atento a sintomas e leve seu bichinho ao veterinário

(Imagem: David Mark/Pixabay)
O ideal é levar o bicho ao veterinário e fugir dos tratamento mirabolantes da internet. (Imagem: David Mark/Pixabay)

Para essa prevenção, uma das recomendações para o Março Amarelo Pet é para que os donos fiquem atentos ao sinais de possíveis doenças. Nesse casos, o ideal é levar o bicho ao veterinário e fugir dos tratamento mirabolantes da internet.

Veja os principais sintomas:

  • Aumento da ingestão de água repentino;
  • Aumento do volume de urina;
  • Perda de apetite;
  • Úlcera na boca;
  • Vômitos;
  • Hálito com odor forte;

Prevenção e cuidado diário no Março Amarelo Pet

Março Amarelo Pet
É preciso se certificar de que a ração consumida pelo pet não tenha altos níveis de sódio, fósforo e proteína (Imagem: Mat Coulton/Pixabay)

Apesar de o tratamento caseiro não ser recomendado, existem saídas simples para evitar problemas renais no seu pet.

O indicado, segundo os especialistas, é manter o seu animalzinho bem hidratado e sempre deixar água fresca e limpa à disposição dele.

Além disso, é preciso se certificar de que a ração consumida pelo pet não tenha altos níveis de sódio, fósforo e proteína.

Leia ainda: E agora? Cachorro bravo avança em outros cães quando sai para passear; entenda

Para obter mais conteúdos siga o Folha Go no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.