Março Amarelo Pet: como prevenir doenças no seu bichinho?

Doenças renais podem ser provocadas por descuidos básicos no dia-a-dia; fique de olho e evite problemas

O Março Amarelo Pet é um período de grande importância para a saúde de cães e gatos. Não sabe do que se trata, mas quer ajudar seu bichinho de estimação a se manter saudável? Então dá um olhada neste texto, que nós do Blog Pets te contamos tudo direitinho.

Não deixe de ler também: Como preparar a casa para receber um filhote de cachorro?

Nesse mês, os especialistas destacam diversas ações de prevenção contra doenças renais (Imagem: Prefetura de Itapevi/Flickr)

Os humanos não são os únicos a sofrerem com doenças pouco conhecidas no cotidiano. Por essa razão, veterinários criaram uma série de campanhas ao longo do ano para facilitar a vida de quem tem um cachorrinho ou gatinho. O objetivo é conscientizar e ensinar sobre a saúde animal.

Uma dessas campanhas é a do Março Amarelo Pet. Nesse mês, os especialistas destacam diversas ações de prevenção contra doenças renais e que podem ser aplicadas de maneira muito simples.

Não é preciso gastar muito dinheiro e nem ter grandes conhecimentos sobre a vida animal. Ficou curioso? Então dá uma olhada?

Antes de tudo: O que são as doenças renais tratadas no Março Amarelo Pet?

 

A palavra “renal” pode ser um pouco difícil de entender para quem não é médico ou veterinário. Mas, de forma mais simples, ela quer dizer “algo relacionado ao rim”.

Março Amarelo pets
Março Amarelo e os cuidados com a sua dos rins dos pets | Imagem Veja

Ou seja: as doenças renais afetam o rim dos bichinhos e prejudicam o processo de filtragem dos líquidos ingeridos por eles.

Nesse meio, as patologias mais comuns são desencadeadas em pets mais velhos, mas podem ter origem em problemas genéticos ou a partir de descuidos na dieta do bicho.

A insuficiência renal é a doença mais grave entre os bichos e a falta de cuidado pode levar um animalzinho à morte em até poucos meses.

Os veterinários que tratam das campanhas do Março Amarelo Pet dizem que qualquer animal, cão ou gato, pode sofrer com o problema.

No entanto, doenças renais chegam mais facilmente para algumas raças.

Cães: Beagle, Bull Terrier, Chow Chow, Cocker, Dachshund, Lhasa Apso, Maltês, Pastor Alemão, Pinscher, Poodle, Shar Pei, Shih Tzu e Schnauzer.

Gatos: Absínio, Azul Russo, Maine Coon, Persa e Siamês.

Fique atento a sintomas e leve seu bichinho ao veterinário

(Imagem: David Mark/Pixabay)
O ideal é levar o bicho ao veterinário e fugir dos tratamento mirabolantes da internet. (Imagem: David Mark/Pixabay)

Para essa prevenção, uma das recomendações para o Março Amarelo Pet é para que os donos fiquem atentos ao sinais de possíveis doenças. Nesse casos, o ideal é levar o bicho ao veterinário e fugir dos tratamento mirabolantes da internet.

Veja os principais sintomas:

  • Aumento da ingestão de água repentino;
  • Aumento do volume de urina;
  • Perda de apetite;
  • Úlcera na boca;
  • Vômitos;
  • Hálito com odor forte;

Prevenção e cuidado diário no Março Amarelo Pet

Março Amarelo Pet
É preciso se certificar de que a ração consumida pelo pet não tenha altos níveis de sódio, fósforo e proteína (Imagem: Mat Coulton/Pixabay)

Apesar de o tratamento caseiro não ser recomendado, existem saídas simples para evitar problemas renais no seu pet.

O indicado, segundo os especialistas, é manter o seu animalzinho bem hidratado e sempre deixar água fresca e limpa à disposição dele.

Além disso, é preciso se certificar de que a ração consumida pelo pet não tenha altos níveis de sódio, fósforo e proteína.

Leia ainda: E agora? Cachorro bravo avança em outros cães quando sai para passear; entenda

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.