Bigodes do gato: veja 7 fatos incríveis que você vai adorar saber

Os gatos são realmente seres de outro mundo! Cada parte do seu corpo tem particularidades e fazem desse animal um dos mais fantásticos do mundo. Portanto, hoje (04/03) vamos explorar um pouco sobre os bigodes do gato e todos os fatos incríveis que fazem dessa parte do corpo felino, especial. Então, não perca tempo e confira tudo aqui no Blog Pets da Folha Go.

Bigodes do gato: veja 7 fatos incríveis que você vai adorar saber
Bigodes do gato: veja 7 fatos incríveis que você vai adorar saber – Imagem: Divulgação catclub.com

Veja também: Como criar cachorros e gatos juntos? Saiba como é possível com as dicas de hoje

Por que os bigodes do gato são importantes?

Os bigodes dos felinos ou vibrissas não são apenas legais. Eles têm uma infinidade de utilidade e certamente você vai adorar saber. Sendo assim, confira a seguir os principais fatos que fazem deles um kit de sobrevivência felino perfeito.

1. Os bigodes do gato são bastante sensíveis

Os bigodes dos gatos possuem raízes muito profundas na pele. Sendo que toda a área ao redor dos bigodes tem nervos e vasos sanguíneos, isso torna as pontas muitos sensíveis e dessa forma, percebem até mesmo o movimento do vento.

Portanto, por causa de tanta sensibilidade, os gatos podem sentir dor caso algo encoste no seu bigodinho. Outro fato é que ao se alimentar em uma tigela que pressione os bigodes, seu gato sentirá muito incomodo, talvez seja uma boa ideia aderir a um prato ou uma tigela larga e plana.

2. Ele ajuda a descobrir se o gato vai caber um algum lugar

É realmente fantástico! O nariz do gato é longo, e isso ajuda a descobrir a largura de uma determinada abertura. Dessa forma, o seu gato vai saber se cabe ou não através dela. Incrível não é  mesmo? Além disso, eles servem para o felino se equilibrar.

3. Outros locais onde o gato tem bigode

Seu gato tem bigodes nos dois lados do nariz. Mas você sabia que existem outros locais em que podemos encontrar essas vibrissas? Pois é, nesse caso podemos ver bigodes curtos acima dos olhos, no queixo e na parte anterior das pernas dianteiras inferiores.

4. A quantidade varia de acordo com o gato

Os gatos de uma forma geral possui de 8 a 12 fios que formam os bigodes em cada lado do nariz, que são os maiores. No entanto, esse número não é o mesmo em todos os gatinhos. Cada gato vai ter uma quantidade de vibrissas, funcionando como um tipo de identidade individual.

Contudo, nem todos os gatos possuem bigodes. Algumas raças de gatos, como o Sphynx que não tem pelos, não apresentam bigodes. Contudo eles possuem outras habilidades que compensam essa falta.

5. Ajudam os gatos a localizar a presa

Você sabia que os gatos são míopes? Ou seja, eles não conseguem ver bem de perto. Sendo assim, para capturar sua presa, seja ela um ratinho ou seu brinquedo preferido, os bigodes ajudam eles a sentirem a posição em que estão.

Portanto, os bigodes que ficam na parte de trás das pernas dianteiras do seu gatinho, bem como as do queixo ajudam nesse sentido. Seu gato ver sem enxergar!

6. Os bigodes do gato podem mudar de cor

Isso mesmo! Dessa forma, não se espante caso você encontre um bigode branco crescendo ao lado do nariz de seu gatinho preto a medida que envelhece.

Um fato extra incrível: todos os gatos vão ficando cinza com o passar dos anos e da sua idade. No entanto, isso não é perceptível a menos que a cor dos pelos do seu gato seja escura e sólida.

7. Eles funcionam como medidor do humor do seu gato

Podemos ver como o humor do nosso gato anda observando seu bigode. Se os bigodes estão relaxados e saindo para o lado, isso indica que ele está calmo. Agora se estiverem achatados contra as bochechas está claro que a raiva toma conta do felino. Contudo, se os bigodes forem empurrados para a frente, prepare-se ele está muito animado e alerta.

8. Os bigodes do gato NUNCA devem ser cortados

Bigodes do gato: veja 7 fatos incríveis que você vai adorar saber
Bigodes do gato: veja 7 fatos incríveis que você vai adorar saber – Imagem: Divulgação zooplus.com

Confira também: Gato Chartreux: conheça mais sobre esse felino paciente e amoroso

Você nunca deve cortar os bigodes de seu gatinho, pois isso deixará ele desorientado e perdido. Assim, ele poderá agir de forma confusa ou até mesmo tonta, tudo isso porque ele não vai mais receber os sinais do ambiente. Desse modo, para o seu gatinho é como se estivesse com uma venda em seus olhos impedindo de ver ao redor.

Portanto, esperamos que esses fatos incríveis sobre os bigodes do gato despertem ainda mais o amor e admiração por esses seres fantásticos, que são os gatos.

Leia também: Chip em cães e gatos é obrigatório: saiba agora como é o Projeto de Lei 376/21

Para obter mais conteúdos siga o Folha Go no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.