Auxílio Brasil é só para quem tem Bolsa Família? Saiba a resposta aqui

O Auxílio Brasil é o novo programa que beneficia famílias inscritas no CadÚnico

Quem receberá as parcelas do Auxílio Brasil - Imagem: Michele Azevedo/ FolhaGO
0

O Auxílio Brasil é só para quem tem Bolsa Família? Sabemos que muitas pessoas ficarão sem nenhum tipo de benefício depois que as parcelas do auxílio emergencial chegarem ao fim. No entanto, não são só os inscritos do Bolsa Família terão acesso ao novo programa. Nesta data (12/11), o Poder Econômico traz a resposta.

Auxílio Brasil é só para quem tem bolsa família?

Mas afinal, o Auxílio Brasil é só para quem tem Bolsa Família? Não. De acordo com o Governo Federal, o novo programa usará os cadastros do CadÚnico e do antigo Bolsa Família.

Os primeiros começarão a ser pagos, portanto, a partir de novembro, para os beneficiários do Bolsa Família.

No entanto, quem está com o cadastro atualizado no CadÚnico também receberá as parcelas do Auxílio Brasil.

Critérios

Não se sabe ao certo se os inscritos no CadÚnico precisam atender os mesmos critérios do Bolsa Família para receber o Auxílio Brasil. Ainda não sabemos se esse grupo fará parte da fila para ganhar o benefício ou, então, se já o ganharão automaticamente.

Veja também: Cadastrar Cadúnico: veja o que é necessário para fazer o seu Cadastro Único

Obrigações dos beneficiários

Auxílio Brasil é só para quem tem bolsa família?
Auxílio Brasil é só para quem tem bolsa família? – Imagem: Pixabay

Para continuar recebendo o Auxílio Brasil, portanto, os beneficiários precisam atender alguns requisitos. São eles:

  • Ter crianças entre 4 a 5 anos de idade devem possuir frequência escolar mínima de 60% no mês;
  • Estudantes entre 6 a 21 anos devem possuir frequência de 75%;
  • Os grupos devem cumprir o calendário de vacinação do país;
  • Fazer acompanhamento nutricional de crianças de até 7 anos;
  • Fazer acompanhamento pré-natal para as mulheres grávidas.

Os beneficiários que tiveram aumento de renda mensal em quantia que passe duas vezes a linha de pobreza, poderão, então, continuar recebendo as parcelas por mais 24 meses, até serem excluídos do programa.

Veja também: Auxílio Brasil de R$200: início de pagamentos neste mês

Educação financeira: descubra INVESTIMENTOS FÁCEIS A PARTIR DE R$50

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Mais informações