Take a fresh look at your lifestyle.

Auxílio Emergencial 2021 foi aprovado e segue em tramitação na Câmara

Auxílio Emergencial 2021 foi aprovado e receberá um nome novo, o BIP – Bônus de Inclusão Produtiva

0 633

Após rumores de que não seria mais possível conceder o benefício para este ano, o governo estuda retomada em breve. Assim, ainda em tramitação na Câmara, mas com confirmação de que existirá, o Auxílio Emergencial 2021 foi aprovado. Logo, saiba informações até hoje, 11/02, na coluna Poder Econômico, do site Folha Go, de como ocorrerá o pagamento. E, assim, se mantenha informado.

Apesar de várias especulações sobre o assunto, a única certeza, até o presente momento, é que o Auxílio voltará com algumas modificações e novas regras. Sendo assim, dia 08/02, o Presidente Jair Bolsonaro se manifestou publicamente sobre a possibilidade de prorrogação.

Também disse que essa pauta está sendo discutida entre os ministros responsáveis. Além disso, o Ministro da Economia, Paulo Guedes, também se pronunciou ao dizer que atenderá a metade dos beneficiários que receberam no ano passado.

O valor em estudo está em R$ 200,00 por 3 meses
O valor em estudo está em R$ 200,00 por 3 meses – Foto: Agência Brasil

O total de brasileiros cadastrados com o auxílio emergencial chegou a 64 milhões. No entanto, para este ano, há a chance de ter apenas 30 milhões de beneficiados.

Auxílio emergencial 2021 foi aprovado – Saiba mais detalhes

Por conta do aumento de casos do coronavírus ainda em 2021, o governo está verificando o retorno do benefício. No mais, esse suporte financeiro já ajudou desempregados, informais, autônomos e aqueles que possuem renda baixa.

Até o momento, o auxílio emergencial 2021 ou BIP (novo nome) está sendo estudado e analisado. E o motivo para tal retorno é justamente porque muitos informais ainda não conseguiram restabelecer a sua situação financeira positivamente.

Por esse motivo, há um impasse, pois de um lado ele servirá para ajudar os cidadãos nesse momento, que ainda é crítico. Mas, por outro lado, o orçamento dos recursos do governo precisa estar enquadrado com os gastos para não exceder.

Enfim, o Presidente, o Ministro da Economia e da Cidadania estão alinhando os detalhes. E, assim, logo estarão sendo fornecidas mais informações.

Qual o valor para 2021?

Até o momento, o governo estuda o valor de R$ 200,00 mensais, por 3 meses. E o grupo que receberá essa quantia deverá ser o informal que não está cadastrado no Bolsa Família. Porém, não há nada definido ainda.

Além disso, há, pelo menos, 14 projetos de lei em tramitação no Congresso Nacional. Ademais, todos são para a concessão desse auxílio emergencial. Então, a discussão é quanto ao valor, se R$ 200, R$ 300 ou R$ 600.

Lembrando que em 2020, o governo teve um custo de mais ou menos trezentos (R$ 300 bi) bilhões com esse benefício. E, devido a esse alto custo, o governo quer chegar a um investimento acessível. Com isso, haverá equilíbrio no orçamento governamental e o atendimento aos que mais necessitam.

BIP – Bônus de Inclusão Produtiva

O auxílio emergencial 2021 foi aprovado e está sendo avaliado na Câmara, segundo a emissora de TV CNN. Todavia, receberá um novo nome, o BIP. E estima-se que ele terá um custo de seis (R$ 6 bi) bilhões mensalmente.

A proposta é que atenda apenas 30 (trinta) milhões de pessoas, no valor de R$ 200, 00 por 3 meses. Entretanto, é apenas uma hipótese, pois ainda está em estudo para validação. Então, isso pode mudar para outros valores bem como a implantação de novas regras.

Auxílio emergencial será prorrogado em 2021? Veja o que diz o projeto de lei criado sobre o tema

Criado inicialmente para repassar R$ 600 durante um período de três meses aos trabalhadores informais, autônomos, desempregados e microempreendedores individuais, o auxílio emergencial recebeu duas prorrogações durante o ano de 2020.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.