CadÚnico: como me inscrever para receber benefícios? Entenda

Auxílio Brasil vai requerer inscrição no CadÚnico

CadÚnico: como me inscrever para receber benefícios? Entenda (Foto: Divulgação)
0

O Cadastro Único é um instrumento fundamental utilizado pelo Governo Federal para saber quem está apto a receber benefícios sociais que são distribuídos pela União. Nesse sentido, a dúvida que fica no ar após o fim do auxílio emergencial é justamente como me inscrever no CadÚnico. Confira hoje (13/11) em detalhes.

É chamado de Cadastro Único, ou apenas CadÚnico, um banco de dados que foi desenvolvido pelo Governo Federal e que tem como principal objetivo de acumular informações sobre famílias que vivem em situação de pobreza e de extrema pobreza, pois são essas os alvos dos benefícios sociais

Além disso, a procura por se cadastrar no CadÚnico tem aumentado desde o fim programa emergencial de transferência de renda durante a pandemia e o iminente início do Auxílio Brasil, que irá substituir o Bolsa Família.

CadÚnico: como me inscrever para receber benefícios? Entenda
CadÚnico: como me inscrever para receber benefícios? Entenda (Foto: Divulgação)

Famílias aptas a se cadastrarem no Cadastro Único

Existem um conjunto de regras que visam fazer com que os benefícios só cheguem nas mãos de quem realmente precisa de auxílio. Com isso, os critérios principais de renda são:

Famílias que recebem até meio salário mínimo por pessoa; e

Famílias com renda mensal total de três salários mínimos.

Como me inscrever no CadÚnico?

O cadastramento para o CadÚnico não pode ser feito pela Internet. A única forma de realizar uma inscrição é indo até o CRAS (Centro de Referência em Assistência Social) no município e solicitar o cadastramento no programa.

Em um CRAS, tenha em mãos o seu CPF e os documentos das pessoas que forem cadastradas como sendo da mesma família – e que morem na mesma casa.

No local, haverá uma entrevista de aproximadamente uma hora para conhecer mais sobre a família e saber em quais benefícios poderá ser encaixada.

Depois da entrevista, basta aguardar a resposta que será dada pelo Ministério da Cidadania.

Não é obrigatório levar comprovante de endereço ou de matrícula das crianças. Contudo, são documentos que vão ajudar na solicitação.

Educação financeira: descubra investimentos fáceis a partir de R$ 50

Quem não quer fazer o dinheiro render sem esforço? Sem dúvidas, esse é o sonho de qualquer pessoa. No entanto, muitos acreditam que essa não é uma possibilidade acessível, e é nesse pensamento que estão completamente enganados. Existem investimentos de R$ 50 que podem gerar lucro para qualquer pessoa. No vídeo de hoje abordamos o tema e te mostramos as possibilidades que você pode ter pela frente. Acompanhe:
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Mais informações