Como calcular seguro desemprego? Aprenda e saiba quanto irá receber

O cálculo é feito de acordo com a faixa salarial do trabalhador e a tabela do Governo Federal

Você sabe como calcular seguro-desemprego? A parcela é paga para quem perdeu o emprego, desde que preencha uma série de outros requisitos. Dentre eles estão a dispensa sem justa causa, assim como o número de meses trabalhados. Além disso, o valor pago varia para cada trabalhador, de acordo com seu salário. Aprenda hoje, 19/07, como fazer o cálculo.

Isso, pois, o pagamento se baseia na tabela do Governo Federal. Ela se volta especialmente ao seguro-desemprego. Assim, considera a média salarial do trabalhador, de acordo com os 03 últimos meses de trabalho. O resultado, então, leva a um novo cálculo, como veremos abaixo.

O cálculo é bastante simples. Por isso, pode ser feito em poucos segundos por você, sem sair de casa. Assim, é possível saber desde já quanto irá receber caso requeira o seguro. Abaixo, então, aprenda o passo a passo de como calcular.

Aprenda como calcular o seguro-desemprego

Para calcular o valor você precisa, primeiramente, considerar os salários dos três últimos meses de trabalho. Assim, some-os. Depois, divida por 03. Com isso, obtém a média salarial que, por sua vez, leva ao próximo cálculo, conforme tabela:

como calcular seguro-desemprego
Após fazer a média salarial é preciso seguir a tabela do Governo Federal para obter valor do seguro-desemprego. Foto: Fundo de Amparo ao Trabalhador

Portanto, para calcular o seguro-desemprego é necessário fazer a média salarial. Depois, seguir as instruções da tabela acima, de acordo com a sua faixa salarial. O único caso que não demanda cálculo se refere à média salarial acima de R$ 2.811,60. Nesse caso a parcela sempre será de R$ 1911,84.

Quem tem direito ao seguro-desemprego 2021?

O benefício é pago aos trabalhadores que sofreram dispensa sem justa causa. Igualmente, em casos de rescisão indireta do contrato de trabalho ou do término deste em razão de falecimento do empregador.

Mas, antes de calcular o seguro-desemprego é necessário conferir se você preenche o número de meses mínimo para requerer o benefício. Isto é, do número de meses que você prestou serviços, formais dentro de um período, antes de pedir o pagamento.

Esse número varia, aliás, de acordo com o número da solicitação. Ou seja, se o trabalhador já gozou do benefício anteriormente ou não e se é a primeira, segunda ou terceira vez que o requer. Veja:

  • 1ª solicitação: ao menos 12 meses de trabalho nos últimos 18 meses;
  • 2ª solicitação: 9 meses de trabalho dentro dos últimos 12 meses;
  • 3ª solicitação: 06 meses de serviço no último semestre imediatamente anterior ao pedido.

Por isso, antes de calcular o seguro-desemprego certifique-se de que você preenche os requisitos de número de meses de trabalho. Caso preencha, basta obter a média salarial e seguir a tabela da parcela, como vimos acima.

Lucro do FGTS: Trabalhadores e empregados têm direito

Ainda, você sabia que o seu Fundo de Garantia pode crescer ainda mais? Isso se deve à distribuição dos lucros do FGTS. Entenda, hoje, como funciona e quem irá se beneficiar!

Comentários
Loading...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Mais informações