Como negociar uma dívida com bancos sem pagar juros? Veja dicas

Principal dica é não se deixar ser pressionado pelo banco

Saiba como negociar dívida com bancos sem pagar juros (Foto: Freepik.com)
0

Já imaginou negociar uma dívida com bancos sem pagar juros? Sim, é uma possibilidade real e que pode ser conquistada por qualquer um. Exige, no entanto, tranquilidade para lidar com a instituição financeira. Entenda hoje (16/07).

Os bancos conseguem seus lucros bilionários através dos juros que são cobrados aos seus clientes, seja por cheque especial, fatura no cartão de crédito, empréstimos ou qualquer outro tipo de produto.

Na maioria dos casos, a taxa de juros é de fato bastante elevada, já que o consumidor precisará efetivamente pagar a dívida em algum momento. Mas, como fazer para não sair prejudicado? Como fugir dos altos juros? É o que explicaremos abaixo.

Saiba como negociar dívida com bancos sem pagar juros
Saiba como negociar dívida com bancos sem pagar juros (Foto: Freepik.com)

Afinal, como negociar uma dívida com bancos sem pagar juros?

Sim, é possível conseguir efetuar o pagamento de uma dívida com bancos, independentemente de qual seja a instituição financeira ou o produto contratado, sem efetivamente pagar juros.

Essa possibilidade existe, mas não significa nenhum tipo de trapaça ou alguma situação ilegal. De maneira alguma. Trata-se apenas saber como lidar com os próprios bancos.

O primeiro de tudo é não se sentir pressionado a pagar uma dívida com o valor que o banco está exigindo naquele momento, geralmente com juros exacerbados e muitas vezes com um longo parcelamento, que se tornará cansativo e mostrará ter sido um péssimo negócio a partir do médio prazo.

O canal de Youtube “Fui Lá e Fiz” dá dicas sobre como não pagar juros e faz a seguinte afirmação: “bancos não negociam com bons pagadores”. Isso quer dizer que não será dado desconto ao cliente que demonstrará interesse em pagar sem negociar.

O ideal é não se deixar ser pressionado por bancos através de ligações, mensagens de texto ou e-mails. Essa é uma estratégia que as instituições fazem para que um consumidor se sinta obrigado a pagar naquele momento, mesmo se não puder.

Ao atender uma dessas ligações, o recomendado é oferecer um valor para pagar a dívida, sendo aquele que pode ser pago no momento e cabe no seu bolso. Caso não seja aceito, faça novamente a proposta na próxima ligação. E assim em diante.

Essa tática consiste em literalmente cansar o banco, que entenderá a necessidade de oferecer um desconto e reduzir o valor da dívida para não sair no prejuízo. Com o passar do tempo, é provável que uma oferta que caiba no seu bolso seja feita.

Conta de energia alta? Você pode estar sendo lesado e nem sabe!

Sua conta de energia vai aumentar. A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), já estima aumento nas tarifas, e isso não vai sair barato, sem contar os riscos de racionamento e blecaute. Mas para piorar a situação, saiba que hoje, provavelmente, você já paga mais do que deve na sua conta de energia e nem se dá conta disso, ou seja, a sua fatura mensal de energia elétrica que já é alta, pior, pode estar sendo superfaturada.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Mais informações