É possível fazer Cartão Cidadão online? Veja opções

O documento se volta ao uma série de benefícios trabalhistas e é de responsabilidade da Caixa Econômica Federal

Cartão cidadão bloqueado: Foto: Veja
0

É possível fazer Cartão Cidadão online? Esse é um importante documento para os trabalhadores brasileiros. Ele se impõe, principalmente, a quem tem direito ao saque de benefícios trabalhistas ou sociais. Assim, permite uso para regate de valores nos canais de atendimento da Caixa. Veja hoje, 29/06, como obtê-lo.

Em alguns casos não há necessidade de emissão do Cartão Cidadão. Isso, pois, os trabalhadores com contas na CEF podem receber valores aos quais tiverem direito diretamente nelas. Esse é o caso, por exemplo, do pagamento do abono PIS.

Por outro lado, quem não é cliente da Caixa ainda assim mantém o direito aos benefícios trabalhistas e sociais. Nesses casos, com exceção do Fundo de Garantia, que permite transferência para contas de outros bancos, o saque necessita do Cartão Cidadão. Veja como emiti-lo.

fazer cartão cidadão online
Veja como obter o Cartão Cidadão. – Foto: Eu Quero Investir

É possível fazer Cartão Cidadão online?

Não. A CEF não disponibiliza a alternativa de expedir o documento na internet. Assim, para fazê-lo é preciso ir até uma das agências da Caixa Econômica. Nesse caso, é preciso portar um documento de identificação com foto.

Além disso, uma alternativa é fazer o cartão pelo atendimento telefônico. Para tanto, basta ligar para o Atendimento CAIXA pelo número 0800 726 0207. Apesar disso, a criação da senha também é presencial. Ela pode ocorrer nas casas Lotéricas e Correspondentes Caixa AQUI. Igualmente, nas agências CEF.

Dessa maneira, não é possível fazer o Cartão Cidadão online. Igualmente, de uma forma ou de outra ele exige atendimento presencial. Isto é, para a emissão do cartão, na CEF ou, depois, para o registro da senha. Somente após tal registro, aliás, é que é possível usar o documento para saques de benefícios.

Quem pode fazer o Cartão Cidadão?

Todos os trabalhadores que possuírem benefícios trabalhistas ou sociais disponíveis. Nesse sentido, contudo, note que o valor já deve estar passível de saque. Em caso contrário, não é possível emitir o documento.

Por exemplo, considere o Fundo de Garantia. Não basta recebê-lo mensalmente. Também é necessário comprovar que se está em condições de sacá-lo para emissão do Cartão Cidadão. Nessa hipótese, aliás, o cidadão somente precisará dele para movimentar o FGTS no caixa eletrônico ou Casa Lotérica.

Para sacá-lo no caixa eletrônico ou para transferência automática não há necessidade de fazer o Cartão Cidadão. Contudo, caso o trabalhador queira fazê-lo mesmo assim, pode, desde que preencha os requisitos para o saque deste ou outro benefício social/trabalhista no momento.

Por fim, vale lembrar que além do abono salarial e do FGTS, esse documento também serve ao Bolsa Família e ao seguro-desemprego.

Por que os bancos querem tanto que você use o PIX?! Será que existe “almoço grátis”?

O PIX é uma ferramenta de transferência de valores entre contas bancárias, sem qualquer cobrança de taxas. Ele surgiu ao final de 2020 e desde então faz muito sucesso.

Contudo, um fator chamou a atenção dos consumidores. Por que os bancos insistem tanto no cadastro e uso do PIX? Afinal, o que os faz promover algo que os faz perder dinheiro? Confira, hoje, o que há por trás dessa insistência.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Mais informações