Mixer: vale a pena ter? Confira os benefícios desse aliado na cozinha

O principal sinônimo do mixer é praticidade

-- Continuar depois da publicidade --

Top Stories Enroladinho de frango: simples, rápido sem nenhum segredo

- Advertisement -

Liquidificador, mixer ou processador? Que dúvida cruel, não é mesmo? Mas para facilitar essa escolha ou pesquisa, o Blog Receitas Fáceis do Folha Go preparou hoje 01/08, esse artigo com dicas super interessante para responder a sua pergunta sobre o mixer: vale a pena ter?

Confira, portanto, os benefícios em utilizar esse queridinho e saiba qual a diferença entre o mixer e outros aparelhos similares. Ao final da matéria, você já vai ter decidido se compensa ou não ter um desses em casa.

Mixer: vale a pena ter? Confira dicas sobre os benefícios desse aliado na cozinha
Mixer: vale a pena ter? Confira dicas sobre os benefícios desse aliado na cozinha – Imagem: Divulgação metrópoles

- Advertisement -

Mixer: vale a pena ter?

Os utensílios domésticos são indispensáveis para o rotina, pois eles auxiliam, e muito, as atividades cotidianas, como o preparo de receitas.

Tendo isso em vista, certamente você já ouviu falar sobre o mixer. Se você for alguém que gosta de preparar receitas diferentes e inovar no cardápio, deve ter se deparado com algum modo de preparo em que se utiliza o mixer para mexer os ingredientes. Descubra mais sobre esse aparelho.

Confira também: Batedeira planetária: é só modinha ou faz toda a diferença? Confira agora mesmo

O mix e seu uso no dia a dia

Pois bem, o mixer é um aparelho pequeno, portátil e super versátil. Com ele, você consegue mexer vitaminas em copos grandes ou jarras, diretamente.

Além disso, ele tem uma facilidade maior de limpeza. Ao contrário do liquidificador, o mixer não possui um recipiente que armazena os alimentos, mas possui uma estrutura para misturar ingredientes que não são tão pesados.

No mercado, a oferta é imensa. Você conseguirá encontrar aparelhos super simples e baratos que custam R$ 30 e também alguns mais elaborados que podem custar até R$ 300 ou mais.

Essa variação de preços está relacionada, principalmente, com a potência do motor do mixer. Quanto mais potente, maior e mais vasta será a sua utilização.

Dessa forma, o mixer tem um papel super semelhante ao liquidificador, a diferença é que o liquidificador é maior e liquidifica alimentos em maior quantidade tornando-os mais sólidos, pois retira o ar.

Já no caso do processador, ele tritura, rala e processa alimentos mais duros, como castanhas, legumes e queijos, por exemplo.

Portanto, tudo vai depender da sua necessidade. O mixer vale a pena por sua versatilidade, durabilidade, multifuncionalidade e tamanho. Pode, inclusive, substituir o liquidificador e é uma opção perfeita para quem gosta de preparar receitas rápidas e fazer pouca sujeira.

O que posso preparar com o mixer

A utilização do mixer é indicada para preparar sucos, vitaminas, milk-shake e tudo que precisar ser misturado (líquido, claro).

Para os amantes do café, o mixer é ideal para preparar cappuccinos e receitas cremosas. Vale salientar que os modelos com maior potência pode ser usados até para triturar carnes sem osso, preparar purês (com os legumes já cozidos).

Além disso, é possível preparar papas, bater clara em neve, fazer molhos, massa de panqueca, massa para bolo, maionese caseira, comidas para bebês e muito mais.

Confira ainda: Descubra as vantagens de se ter uma panela de pressão elétrica; confira agora mesmo

Dicas importantes para se economizar gás no dia a dia

Descubra maneiras de fazer seu gás render bastante. Veja  dicas preciosas de como economizar no gás e no bolso, já que o preço do item anda nas alturas.

- Advertisement -

Para obter mais conteúdos siga o Receitas Facéis no Google News.
Comentários
Loading...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceito Ler mais