Looks like you have blocked notifications!

ONGs exigem melhores padrões de bem-estar animal em multinacionais de alimentos

Subway, Starbucks e Habib's estão entre as piores posições do ranking de avaliação

-- Continuar depois da publicidade --

Hoje (06/04) aqui no Cidades do Folha Go vamos falar sobre melhores padrões de bem-estar animal. Seis ONGs de proteção aos animais uniram forças para lançar uma campanha em defesa de maus tratos e crueldade em aves. A proposta é para que a Cencosud, quarta maior supermercadista do país, estenda seu compromisso e pare de vender os polêmicos ovos de galinha enjaulada em todos os países onde atua.  Entenda mais sobre isso acompanhando o texto.

Ademais, veja também: Castração de animais em prefeituras ganham destaque em SP e MG

-- Continuar depois da publicidade --

Melhores padrões de bem-estar animal

bem-estar animal
Galinhas viajam em gaiolas em péssimas condições Foto – Animal Equality

Isso foi constado ao avaliar 150 empresas globais, no ranking anual Business Benchmark on Farm Animal Welfare (BBFAW). Esse relatório apontou que Cencosud, Subway e Habib’s fazem quase nada para melhorar a qualidade de vida de animais de produção.

Os restaurantes de fast-food Subway, Starbucks e Habib’s estão entre as piores posições do ranking.

Com o apoio da Proteção Animal Mundial e da Compassion in World Farming desde 2012, o BBFAW 2020 classifica 150 empresas globais de alimentos em padrões de bem-estar de animais de produção em seis níveis.

O nível 1 está no topo, demonstrando liderança em bem-estar dos animais de produção, e o nível 6 está na base, indicando empresas que ainda não reconheceram o bem-estar animal dentro do seu modelo de negócios.

Descaso com os animais

bem-estar animal
ONGs exigem melhores padrões de bem-estar animal da Cencosud Foto – Best of Web

Nesse sentido, em gaiolas em bateria, as galinhas não conseguem realizar a maioria de seus comportamentos mais básicos.

Elas não conseguem andar livremente, esticar as asas, bicar o solo ou empoleirar-se em poleiros, e passam a sua vida em um espaço menor do que uma folha de papel A4.

-- Continuar depois da publicidade --

Dessa forma, as entidades envolvidas pretendem dar continuidade às ações nas redes sociais e aos protestos pacíficos nas ruas.

E se tratando de empresas com esse porte é imprescindível que tenham ações voltadas para o bem-estar do animal.

Enfim, uma triste realidade que realmente precisa ser combatida. Inclusive, há um número crescente de grandes empresas de alimentos falando sobre o bem-estar dos animais de criação.

Vale dizer que essa é uma parte integrante de suas estratégias de negócios e propostas de marca.

Até porque se houver essa preocupação, essas empresas mostram a necessidade de cumprir a legislação.

Além disso, é necessário atender aos padrões voluntários e industriais relevantes. E melhorar a eficiência,  atender às expectativas das partes interessadas, dos clientes e dos consumidores, para elevar sua marca e reputação.

Em suma, é preciso respeitar os animais e a natureza. Nesse sentido, todos somos responsáveis.

E de fato a BBFAW tem pessoas sérias, engajadas no compromisso com a saúde e bem estar dos animais e alerta a todos sobre o processo.

O relatório completo pode ser acessado na página da www.bbfaw.com

Por fim, leia também sobre: Doenças comuns em cachorro que podem ser fatais: saiba quais e como cuidar.

Looks like you have blocked notifications!

-- Continuar depois da publicidade --

Comments
Loading...