Talíria Petrone se posiciona contra o projeto de autonomia do Banco Central

Parlamentar acredita que isso pode ser prejudicial para a economia brasileira

-- Continuar depois da publicidade --

A deputada federal Talíria Petrone (PSOL-RJ), em sua conta oficial no Twitter, se posicionou contra o projeto de autonomia do Banco Central (BC). Segundo declara a parlamentar, desvincular o BC do Ministério da Economia é entregar a estabilidade da moeda, câmbio e juros para o mercado. Saiba mais hoje (29/04) aqui no Folha Go.

Além disso, conforme explica também a parlamentar, Augusto Aras solicitou ao Supremo Tribunal Federal (STF), após provocação do PT e do PSOL,  que o projeto em questão fosse considerado inconstitucional.

-- Continuar depois da publicidade --

O projeto de autonomia do Banco Central

Apesar do projeto de autonomia do Banco Central ter recebido a aprovação recentemente, não é de agora que se discute o assunto. Com efeito, esse é um tema que vem sendo assunto de discussões há mais de 30 anos. Não só isso, mas também muitos outros projetos afins foram criados anteriormente.

Nesse projeto, define-se que os mandatos do presidente e dos diretores do BC com vigência não coincidente com o do Presidente da República. A propósito, a proposta, cuja aprovação ocorreu por 339 a 114, se originou no Senado e será enviada para a sanção do Presidente da República.

-- Continuar depois da publicidade --

projeto de autonomia do Banco Central
Fonte da imagem: Pixabay

Ademais, vale destacar que os parlamentares rejeitaram todos os destaques que os partidos apresentaram. Os destaques visavam realizar mudanças no texto-base da proposta.

Segundo os favoráveis ao projeto, o maior objetivo da instituição permanecerá sendo garantir a estabilidade de preços. Contudo, também deverá zelar pela eficiência e estabilidade do sistema financeiro, amenizar as oscilações do nível de atividade econômica e incentivar o pleno emprego.

Os contras ao projeto

A despeito da aprovação do projeto de autonomia do Banco Central ter sido aprovado, há muitas pessoas dentro e fora do Congresso. De parlamentares à população civil e especialistas no assunto, a ideia de autonomia do BC é ruim.

Entretanto, há um intrincado problema em legar a política monetária à mercê do mercado puramente. Afinal, os empresários pensarão no interesse de sua própria classe e não no interesse geral de fato.

 

 

 

-- Continuar depois da publicidade --

Comments
Loading...