Looks like you have blocked notifications!

Conheça o tuco-tuco das dunas: pet em risco de extinção é fotografado

Saiba as características do tuco-tuco visto no Brasil

-- Continuar depois da publicidade --

O tuco-tuco das dunas é um pequeno roedor que está presente no Rio Grande do Sul. Ele está em risco de extinção. Entretanto, foi fotografado recentemente em uma praia no litoral Norte do estado. Hoje, você, leitor do Folha Go, saberá mais sobre esses pets.

Leia ainda: Conheça os animais de estimação incomuns

-- Continuar depois da publicidade --

Conheça o tuco-tuco das dunas: pet em risco de extinção é fotografado
O tuco-tuco vive no estado do Rio Grande do Sul ( Crédito FlickRiver)

Acompanhe a matéria até o fim e saiba as características e curiosidades do tuco-tuco. Ainda mais conheça as iniciativas de proteção a esse pet.

Tuco-tuco é fotografado

O tuco-tuco das dunas  é um pet  encontrado na região costeira do Rio Grande do Sul. O animal está em risco de extinção. O principal motivo é a urbanização, pois provoca a retirada das dunas. Ainda mais, causa a destruição de suas galerias subterrâneas que são o habitat natural do pet.

O fotógrafo Guilherme Custódio, 24 anos, flagro, o pequeno roedor gaúcho na praia de Atlântida Sul, no Litoral Norte. De acordo com Guilherme, o animal que não costuma aparecer durante períodos de muito movimento, até pousou por quase 10 minutos para fotos.

“Me chamou atenção ele no meio da duna, de frente para o mar, jogando a areia pra fora do buraco. Nem cheguei muito perto porque sabia que era um tuco-tuco e não queria incomodá-lo muito. Ele se mostrou bem amistoso, fiquei a uns quatro metros de distância e ele não se incomodava com a presença”, contou o fotógrafo ao portal da Gaúcha.

Conheça o tuco-tuco

Antes de mais nada, o tuco-tuco  se parece com um pequeno rato. Logo, ele mede, aproximadamente,  24 centímetro e pesa 315 gramas. Ademais, tem a coloração bege, igualmente à das dunas. Sua expectativa de vida é em torno de 2 anos,

Ele tem o costume de viver debaixo da terra. Dessa forma, são animais subterrâneos e só aparecem de vez em quando em busca de alimentos e para limpar sua toca. Ela, por sua vez, é construída em galerias nas dunas.

-- Continuar depois da publicidade --

O tuco-tuco é herbívoro. Assim, se alimenta de capim e algumas ervas que crescem nas dunas. É um animal inofensivo aos humanos e não transmite doenças.

Além do pet que vive nas dunas, o estado do Rio Grande do Sul possui mais duas espécies  que vivem em outras regiões. Ainda mais, tem-se a presença desse animal em terras vizinhas, tais como praias catarinenses e alguns pontos do Uruguai.  Ademais, os Estados de Mato Grosso e Rondônia possuem registros de espécies no Brasil.

Leia ainda: Maus-tratos de animais aumenta em Minas Gerais

Conheça o tuco-tuco das dunas: pet em risco de extinção é fotografado
Tuco-tuco é um animal subterrâneo. Costuma sair da toca em busca de alimentos ( Crédito Infoescola)

Projeto busca proteger os animais

O Projeto Tuco-Tuco, da UFRGS, monitora a presença desse animal, o Tuco.   Assim, a iniciativa trabalha com pesquisa e divulga a necessidade de preservação desse pet.  Para tanto, possuem páginas nas redes sociais, como Instagram e Facebook.

Através das redes sociais , o projeto divulga fotos de aparições dos animais,  enviadas por seguidores. Ademais, possuem ilustrações destinadas ao público infantil que abordam a necessidade de proteção ao pet.

“O nosso principal objetivo é tornar os tuco-tucos conhecidos e desmistificar ideias equivocadas, de que causam doenças ou que são pragas, em prol da sua conservação — afirmou Thamara, bióloga e uma das coordenadoras do projeto”, para a mídia Gaúcha.

Leia ainda:  Furão de estimação tem curiosidades incríveis para quem pretende criar pet

Gostou dessa matéria? Acompanhe mais em nossas redes sociais

Looks like you have blocked notifications!

-- Continuar depois da publicidade --

Comments
Loading...