Looks like you have blocked notifications!

Vacina CoronaVac: deputada critica Bolsonaro após o Butantan suspender produção

De acordo com o diretor do instituto, o atraso não vai alterar a entrega de doses ao Ministério da Saúde

-- Continuar depois da publicidade --

Na última quarta-feira (07/04) o diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, afirmou que houve uma suspensão de dez dias no processo de envase de doses da vacina CoronaVac. O chefe da instituição disse que o carregamento tinha esta quinta-feira (08/04) como dia previsto para chegar ao Brasil. Contudo, a estimativa agora é que o material chegue na próxima semana.

Após Dimas Covas ter divulgado a informação, a deputada federal e médica Jandira Feghali (PCdoB-RJ) criticou o presidente da República Jair Bolsonaro (sem partido) e o ex- ministro interino da Saúde, Eduardo Pazuello, em tom de culpa devido ao tempo que foi perdido pelo governo em não adquirir vacinas e ter outras prioridades, como recomendar para a população a utilização da Cloroquina, medicamento prescrito para o tratamento da malária e que está relacionado à lesão renal aguda.

-- Continuar depois da publicidade --

Vacina CoronaVac tem produção interrompida e governo é criticado

Dimas Covas afirmou que houve um atraso no despacho de matéria-prima pela China, país parceiro na produção da vacina CoronaVac junto ao Butantan.

No entanto, segundo o diretor do Instituto Butantan, não haverá atraso na entrega de doses para o Ministério da Saúde.

Em nota, Covas afirmou:

-- Continuar depois da publicidade --

A matéria-prima está pronta para o embarque na China, houve um problema burocrático. Não há anormalidade. Não há retenção de vacina da China. Não há nenhum ruído de comunicação entre o Brasil e a China, nem entre o Butantan e a Sinovac.

Além disso, o diretor voltou a falar dos números:

Neste momento, cerca de 2,5 milhões de vacinas encontram-se em processo de inspeção de controle de qualidade – parte integrante do processo produtivo – para serem entregues na semana que vem ao Programa Nacional de Imunizações. Desde janeiro o Butantan já entregou 38,2 milhões de doses da vacina ao país.

Ainda ontem, após o anúncio, a oposição voltou a criticar o governo. Jandira Feghali postou em sua conta oficial do Twitter um comentário que insinuava a culpa pelo atraso. Confira:

Deputada volta a criticar Bolsonaro após o Butantan suspender produção da vacina CoronaVac
Imagem: Reprodução Twitter @jandira_feghali

 

Looks like you have blocked notifications!

-- Continuar depois da publicidade --

Comments
Loading...