Vereadora Érika Hilton declara necessidade de ação coordenada contra a pandemia

Parlamentar afirma que sem isso será difícil vencer o caos provocado pela pandemia

A vereadora Érika Hilton (PSOL-SP) proclamou recentemente em sua conta oficial no Twitter a necessidade de uma ação coordenada contra a pandemia da Covid-19. De fato, ela afirma ser essencial uma iniciativa como essa, sem dar suporte aos comerciantes e condições para que todos fiquem em casa. Saiba mais hoje (17/04) aqui no Folha Go.

Não obstante, é fundamental que haja um lockdown realmente sério, com apoio para comerciantes e trabalhadores. Conforme opina a parlamentar, enquanto o governo federal não entrar em um acordo com os empresários o eterno esquema de abrir e fechar comércio não terá fim e sair da crise se tornará cada vez mais difícil.

A necessidade de ação coordenada contra a pandemia

Sem sombra de dúvida, muitos políticos e também muitos dos cidadãos em geral reclamam da ausência de uma ação coordenada contra a pandemia promovida pelo Governo Federal. Com efeito, até o presente momento, apenas governadores e/ou prefeitos realizaram algo do tipo.

Surpreendentemente, o diretor executivo da Organização Mundial de Saúde (OMS), Michael Ryan, exibiu uma preocupação no que diz respeito aos profundos impactos da pandemia no sistema de saúde brasileiro.

De acordo com Michael Ryan, a fim de que o Brasil seja capaz de reverter aquele que é o seu pior momento na pandemia da Covid-19, o Ministério da Saúde precisa realizar uma articulação de combate à crise junto dos governos estaduais.

ação coordenada contra a pandemia
Vereadora Érika Hilton declara necessidade de ação coordenada contra a pandemia. Fonte da imagem: Pixabay

Com efeito, o país realmente se encontra na sua pior fase no que diz respeito à pandemia. De fato, há uma elevação não apenas no número de casos, mas também de hospitalizações e mortes. Ainda que alguns países estejam enfrentando uma nova onda da doença, o Brasil é o que apresenta mais novos casos e mais mortes.

Aliado a tudo isso, reside também o fato da vacinação do país está caminhando a um ritmo bem lento. Não apenas houve uma proporção de vacinação pequena (em comparação com o tamanho da população), mas o ritmo desse esquema de imunização está bastante lento.

Reunião de líderes do governo

No final do mês de março, o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), defendeu a execução de uma ação coordenada contra a pandemia. A propósito, ele discursou também acerca da necessidade de junção de esforços e de um discurso único de combate à pandemia do novo coronavírus.

Ele se reuniu com o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux, governadores e o presidente da República, Jair Bolsonaro. Nessa reunião, criou-se um comitê para determinar quais os caminhos do combate à pandemia.

Ademais, previu-se também a votação de um projeto de leite para aumentar a quantidade de leitos no Sistema Único de Saúde (SUS) em parceria com a iniciativa privada.

 

-- Continuar depois da publicidade --

Comments
Loading...