Cadastro Positivo do Serasa: saiba como inscrever-se e as informações que ele possui

Aprenda como é simples e prático para criar um Cadastro Positivo do Serasa.

O Cadastro Positivo do Serasa atua como uma espécie de currículo financeiro dos consumidores brasileiros. Ele analisa, pois, os históricos e costumes de pagamentos e compromissos dos cidadãos. Assim, tornou-se uma importante fonte de dados que influencia de sobremaneira na concessão de crédito. Conheça mais sobre ele hoje, 24/02.

Esse cadastro recebe inúmeras informações. Elas provêm das próprias empresas que fazem operações de crédito. Com isso, há um cruzamento de dados que permite a construção de um histórico. Ele fica disponível para instituições que o consultam em casos de requerimento de serviços.

-- Continuar depois da publicidade --

Por isso, essa é mais uma das ferramentas que emprestam dados às análises de cartões de crédito, financiamentos e empréstimos. Igualmente, ela auxilia na definição das taxas de juros. Quanto maior o respeito ao pagamento das dívidas, menores as taxas que o consumidor deverá pagar.

Cadastro Positivo é ferramenta importante para o consumidor
Cadastro Positivo é ferramenta importante para o consumidor – Foto: G1

Quem pode se inscrever no Cadastro Positivo do Serasa?

O Cadastro Positivo se volta aos cidadãos brasileiros, bem como às empresas nacionais. Ou seja, inclui pessoas físicas e jurídicas, respectivamente. A princípio era necessária a inscrição na ferramenta. Entretanto, uma lei em vigor desde julho de 2019 alterou a situação.

A partir dessa data, pois, a inclusão no Cadastro Positivo se tornou automática. E isso, então, atinge tanto as pessoas físicas quanto jurídicas. Dessa forma, seus dados de consumo e pagamentos ficam à disposição do Serasa e, também, das empresas que realizam consultas a ele.

Quais são as informações que o Cadastro Positivo possui?

Diferentemente da negativação de crédito, que leva em consideração as contas não pagas, o Cadastro Positivo se volta aos pagamentos e operações que um cidadão ou empresa realiza. Portanto, dentre os dados que ele considera, estão:

-- Continuar depois da publicidade --

  • Financiamentos;
  • Compras a prazo;
  • Contas de consumo (luz, telefone, água e outros).

Assim, o Serasa se volta aos bons pagadores que podem se utilizar desses dados para demonstrar o respeito aos negócios e às compras que firmam. Essas informações, aliás, são muito importantes e definem o score (pontuação) de cada consumidor. Isso, por sua vez, influencia na concessão de crédito.

Quem pode ver as informações do Cadastro Positivo?

Podem fazer consultas ao Cadastro Positivo bancos e financeiras. Também, comércios e serviços que disponibilizam crédito ou carnês, por exemplo. Contudo, uma vez que essas informações geram uma nota (score) esse é o dado que fica disponível a essas empresas.

Ou seja, a princípio o seu histórico de crédito não é exposto. Isso somente ocorre caso você autorize essa disponibilização para as empresas. Para tanto, é preciso acessar o site do Serasa e realizar esse requerimento.

Além do Cadastro Positivo, contudo, é preciso ter cuidado também com eventuais negativações de crédito. Afinal, elas impedem a concessão de serviços na grande maioria das financeiras e bancos brasileiros. Nesse caso, então, busque resolver a situação o quanto antes.

Limpar nome no SPC/Serasa? Veja como negociar dívida com a Acordo Certo

Obviamente ficar com o nome sujo no SPC e Serasa é uma situação indesejável. Além de se constituir em uma “mancha” na imagem de bom pagador, dificulta o acesso a uma série de produtos e serviços financeiros.

-- Continuar depois da publicidade --

Comments
Loading...