Como calcular FGTS? Aprenda tudo sobre o valor mensal

Cálculo do Fundo de Garantia é simples e rápido. Veja como fazê-lo e saiba quanto irá receber.

Todos os trabalhadores formais têm direito ao Fundo de Garantia por Tempo de Serviço, cujo recolhimento é mensal. O valor varia de acordo com o salário do trabalhador. Aprenda hoje, 14/01, como calcular FGTS aqui no Folha GO.

Embora o valor não seja repassado diretamente ao trabalhador e fique em uma conta de movimentação limitada, é importante saber como devem ser feitos os pagamentos. Somente dessa maneira é possível garantir a regularidade dos depósitos.

Também veja: Novo saque emergencial do FGTS tem chances de acontecer; Entenda possibilidades

como calcular FGTS
Cálculo é simples, mas muda de acordo com forma de quebra do contrato de trabalho – Foto: Dietbox

Como calcular FGTS?

O Fundo de Garantia por Tempo de Serviço corresponde a 8% do valor do salário do trabalhador. Aliás, não há desconto do valor da remuneração. Afinal, ela é de responsabilidade da empresa. Portanto, o pagamento é à parte.

Por exemplo, quem recebe um salário mínimo em 2021 deverá receber R$ 88 mensais na conta de FGTS. Isso, aliás, caso o novo salário mínimo de R$ 1.100 obtenha aprovação do Congresso. Assim, para calcular FGTS basta multiplicar o salário contratual por 0,8.

Cálculo do FGTS na rescisão

Por outro lado, em alguns casos o trabalhador recebe adicionais sobre seu Fundo de Garantia na quebra do contrato de trabalho.

Dispensa sem justa causa

Primeiramente, quando a empresa dispensa o trabalhador sem justa causa ele tem direito ao saque integral do saldo de FGTS.

Porém, não é só isso. Sobre o saldo do Fundo de Garantia o empregador realiza o pagamento, também de uma multa. Ela é de 40% e atinge todo o saldo da conta até então ativa.

E como calcular FGTS na rescisão sem justa causa? Para isso, deve-se consultar o saldo da conta no aplicativo ou site. Então, basta multiplicar o saldo por 1,4.

Pedido de demissão

Além disso, quando o trabalhador pede demissão, ele não tem o direito ao saque do Fundo de Garantia. Igualmente, não há pagamento de multa sobre o saldo.

Apesar disso, os depósitos existentes na conta de FGTS permanece sendo do seu direito. A diferença, então, é que o saque deve esperar até que surja alguma possibilidade de movimentação.

Dentre elas estão, por exemplo, a aposentadoria ou algum programa especial como o do Fundo de Garantia emergencial.

Como calcular FGTS no acordo de dispensa

A Reforma Trabalhista de 2017 criou o acordo de dispensa. Nele, nem trabalhador e nem empresa têm interesse em manter o contrato de trabalho. Assim, chegam ao acordo.

Nesse caso o trabalhador tem direito ao saque de 80% do seu Fundo de Garantia. O empregador, por sua vez, tem o dever de pagar multa de 20% sobre esse valor.

Então, como calcular o FGTS de acordo de dispensa? Basta multiplicar o saldo da conta por 0,8 e, depois, por 1,2.

Dispensa por justa causa

Por fim, na dispensa por justa causa não há possibilidade de saque do Fundo de Garantia, bem como não há multa sobre o valor.

Novamente o trabalhador passa a depender do preenchimento de outra modalidade para saque futuro do saldo, que fica retido na conta.

Confira agora: Posso sacar FGTS emergencial na lotérica? Aprenda passo a passo

Comments
Loading...