Cearense de coração, sou formada em Filosofia pela Universidade Federal do Cariri e pós graduada em Letras. Há quase...

Como saber se fui aprovada no Bolsa Família? Entenda

O primeiro aspecto a ser levado em consideração é o cumprimento dos critérios de participação

0

Voltado para famílias carentes que atendam ao critério de renda e outras especificações, o Bolsa Família repassa uma renda mensal como forma de auxiliar no acesso aos serviços públicos. Dessa forma, qualquer pessoa que se encaixe no perfil pode se inscrever no projeto. Mas como saber se fui aprovada no Bolsa Família? Essa é a pergunta a ser respondida na matéria desta segunda-feira (02/11).

Saiba, portanto, como é possível acompanhar a solicitação de entrada no programa de forma simples, acessível e segura.

-- Continuar depois da publicidade --

Como saber se fui aprovada no Bolsa Família? Entenda
Como saber se fui aprovada no Bolsa Família? Entenda

Leia também: Empréstimo para ampliar Bolsa Família permitirá entrada de mais pessoas; saiba mais

Como saber se fui aprovada no Bolsa Família

Após efetuar o pedido para participar do programa, a família recebe em sua residência uma correspondência avisando sobre sua entrada.

Ela costuma chegar entre um mês e 45 dias depois da solicitação. Porém, a família só será contemplada pelo benefício se cumprir com os critérios de participação.

Caso a correspondência não chegue no prazo mencionado, pode-se ligar gratuitamente para o Atendimento ao Cidadão da Caixa Econômica Federal (CEF), no telefone 0800 726 0207 e informar-se sobre a concessão do benefício.

Além disso, outro meio de saber se determinada pessoa foi aprovada no Bolsa Família é indo até o setor municipal responsável pelo Cadastro Único e pelo Bolsa Família, o qual costuma ser o CRAS – Centro de Referência da Assistência Social.

Requisito essencial para participar do Bolsa Família

Para participar do Bolsa Família, a renda familiar total por pessoa deve ser de até R$ 178 mensais. Com essa renda, a família é considerada como estando em situação de pobreza.

-- Continuar depois da publicidade --

O outro perfil de renda, diz respeito às famílias extremamente pobres que têm renda mensal per capta de até R$ 89.

Embora tenham que apresentar a renda estabelecida, outro critério de participação está atrelado à presença de gestantes e crianças de 0 a 17 anos na composição familiar.

No entanto, só podem participar do programa, as famílias devidamente inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal, mais conhecido como CadÚnico.

Este é, portanto, o requisito fundamental para participar do Bolsa Família, pois é através do CadÚnico que as famílias beneficiárias são selecionadas.

Como saber se fui aprovada no Bolsa Família usando a Internet

Além dos métodos citados acima, outras formas são possíveis para verificar se o benefício foi ou não aprovado.

Contudo, a verificação pela internet deverá acontecer somente após o prazo em que a correspondência chegaria à residência do potencial beneficiado.

Desse modo, para efetuar a consulta pela internet, basta acessar o site da CEF (Consulta Pública Bolsa Família) por meio do Internet Explorer, pois o sistema funciona corretamente.

No endereço eletrônico é possível identificar as famílias que estão recebendo o benefício. Para tanto, a pesquisa pode ser feita por estado, município e por família.

Em todos os casos, é necessário ter o Número de Identificação Social (NIS) do Responsável Familiar (RF) em mãos.

Veja ainda: Divulgado o calendário do Bolsa Família deste mês de novembro 2020

Portanto, caso a família não seja encontrada na pesquisa, significa que o benefício ainda não foi concedido.

-- Continuar depois da publicidade --

Comments
Loading...