O cheque cruzado pode ser sacado? Confira

O cheque cruzado possui algumas particularidades que devem ser observadas para a segurança do usuário

Por mais que possa parecer uma realidade distante para muitos, saiba que ainda hoje (25/11), os cheques estão sendo utilizados. Durante muito tempo essa ordem de pagamento era bastante comum, porém, o seu uso foi diminuindo com a chegada no mercado de outras modalidades. Por isso, principalmente entre os mais  jovens, o surgimento de dúvidas, sobre o tema, como no caso do cheque cruzado.

O ato de cruzar o cheque, realizado no passado, tornou-se um hábito, mas as explicações sobre essa ação costumam ser vagas. Entretanto, o esclarecimento deve ser feito, pois o cheque cruzado pode servir como proteção ao usuário.

Mas afinal, qual a finalidade do cheque cruzado? Ele pode ser sacado? Ele realmente serve como forma de proteção aos possíveis golpes bancários? Continue a leitura e tenha todas essas dúvidas sanadas.

Pode ser do seu interesse: Quem emite cheque sem fundo vai parar no SPC e Serasa ou somente no CCF?

O que é cheque cruzado?

O cheque cruzado pode ser sacado?
O cheque cruzado pode ser sacado? | Foto: Adriano Gadini

Por mais que essa resposta seja óbvia para muitas pessoas, mostrar os detalhes do cheque cruzado será útil para as explicações complementares.

O cheque é uma maneira de realizar pagamentos à vista onde o dinheiro poderá ser sacado ou depositado em conta. Porém, quando o dono do cheque decide cruzá-lo, a única forma de retirada do dinheiro, será pelo seu depósito.

Logo, o cheque cruzado não pode ser sacado na boca do caixa.

Dessa forma, o cheque terá menos chances de ser roubado ou utilizado por outra pessoa. Isso aumenta, é claro a segurança do usuário do meio de pagamento. Mas saiba que essa proteção pode ser ainda maior, quando ele é transformado em cheque cruzado nominal.

Ao transformá-lo em nominal, o emitente será obrigado a indicar o nome da pessoa que irá receber o valor que consta na folha, podendo ser uma empresa, quando for o caso. Então esse valor pode ser depositado ou pago pelo banco, quando o beneficiário tiver a sua identificação validada.

Leia mais: Saiba quais bancos estão antecipando o saque-aniversário do FGTS

Tipos de cruzamentos de cheques

O cheque cruzado é bastante simples. Primeiramente a determinação dos valores e a assinatura devem ser efetivados, então é desenhado duas retas paralelas, na diagonal, na parte frontal do cheque. Mas é importante frisar que existem dois tipos de cruzamentos. Veja:

  • Cruzamento geral

O cruzamento geral acontece quando o cheque é cruzado em branco. Então isso quer dizer que serão feitas apenas duas linhas. Significando que esse cheque pode ser depositado em qualquer banco.

Este tipo de de cruzamento é o mais utilizado entre os usuários, então quem trabalha com esse formato de pagamento já está acostumado a ver o cruzamento geral.

  • Cruzamento especial

Neste caso, cruzamento especial, o cheque será cruzado em preto. Isso significa que entre as linhas paralelas, deverá ter o nome do banco especificado. Então o cheque só poderá ser depositado naquele banco que está identificado na folha de cheque cruzado.

Quando o cheque nominal cruzado é feito, espera-se que ele possa somente ser depositado na conta da pessoa especificada no cheque. Porém, existe uma exceção. Quando o recebedor faz uma assinatura no verso da folha de cheque, outra pessoa pode realizar o depósito.

Saiba também: Saiba como fazer transferência pelo Pix do Banco do Brasil e concorrer a até R$ 100 mil

Comments
Loading...