O reajuste do salário mínimo 2021 aumentará a aposentadoria?

A aposentadoria tem projeção de aumento com o ajuste do salário mínimo 2021

O salário mínimo 2021 está com projeção de aumento. Se o valor for aprovado, boa parte dos aposentados poderão ter reajuste na aposentadoria. Hoje, 17 de dezembro de 2020, o valor do salário está fixado em R$1.045,00 e, caso a projeção venha a se concretizar, o valor passará a ser R$1.087,85.

Para se ter uma ideia, atualmente, no Brasil, cerca de 70% dos beneficiários da Previdência recebem o valor do salário mínimo estipulado no início de cada ano. Então, esse possível aumento, fará com que eles tenham um reajuste de 4,10% em 2021.

A definição do reajuste, para ser aprovada, tem a necessidade de passar pelo Congresso para que a aprovação definitiva aconteça. Lembrando que aqueles beneficiários que recebem um valor acima do salário mínimo estipulado, o valor poderá ser reajustado seguindo outro parâmetro.

Veja também: Anunciado novo valor para salário mínimo 2021, mas poder de compra melhora? Veja

O reajuste do salário mínimo 2021 aumentará a aposentadoria?
O reajuste do salário mínimo 2021 aumentará a aposentadoria? | Foto: RawPixel

Salário mínimo 2021: como ficará o reajuste para quem recebe mais?

Como falado, as regras para quem recebe mais do que um salário mínimo serão diferentes. O reajuste da aposentadoria irá seguir o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC).

Para realizar o cálculo do INPC, o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), por meio do Sistema Nacional de Índices de Preços ao Consumidor (SNIPC), coletará dados em estabelecimentos comerciais de 15 capitais, com foco no consumo das famílias com renda de até cinco salários mínimos.

De acordo com o acumulado deste ano, o  INPC apresenta alta de 3,93%, mostrando-se bem próximo da porcentagem de aumento do salário mínimo 2021, que apresenta, como já falado, um possível reajuste de 4,01%.

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) também é o responsável pelas definições do teto do INSS. Portanto, se o reajuste manter a porcentagem, o teto, que hoje é de R$6.101, passaria a ser R$6.351,20.

É importante lembrar que os dados apresentados podem mudar. O INPC, por exemplo, nos últimos 12 meses teve um aumento significativo. Então, se o índice manter o ritmo, pode ser que os aposentados que recebem mais, tenham um reajuste maior do que o esperado.

Você pode ter interesse: Aposentados podem ter um acréscimo de 25% na aposentadoria; veja como solicitar

Ajustes e dados do mercado

Muito se fala em aumento do salário mínimo 2021, mas pouco se explica sobre como os dados do mercado podem afetar o poder de compra, mesmo com o aumento salarial. O Banco Central divulga, semanalmente, o Relatório Focus, onde as expectativas do mercado para a economia são apresentadas.

Nesta semana, especificamente, o relatório apresentou dados sobre a inflação que podem ser úteis para verificar o poder de compra após o reajuste salarial. De acordo com as estimativas mostradas, o IPCA (Índice de preços no consumidor) deste ano ficará em 4,35%.

É possível perceber que a inflação está com uma projeção maior do que o possível reajuste. Então, se os dois dados se concretizarem e permanecerem para o próximo ano, os aposentados irão ter o poder de compra reduzido, mesmo com o aumento do salário mínimo 2021.

Por esse motivo, é importante que todos os beneficiários fiquem informados sobre os dados econômicos, pois somente dessa forma será possível descobrir se houve ou não um aumento real após o reajuste.

Fique sabendo: Dinheiro esquecido: bancos procuram aposentados para sacar valor depositado

Comments
Loading...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Ler mais

Política de Privacidade e Cookies