Quem sacou FGTS emergencial pode sacar novamente? Veja regras

O Fundo de Garantia de emergência se encerrou em 31 de dezembro de 2020 e não impede saques em outras modalidades de movimentação.

Ano passado o Governo Federal permitiu a liberação do saque de emergência do Fundo de Garantia. Porém, quem sacou FGTS emergencial pode sacar novamente? Quais são as regras para movimentação? Veja as respostas hoje, 18/01, no Folha GO.

Essas perguntas se fazem relevantes por diversos motivos. O principal deles, aliás, dá-se diante das especulações quanto à criação de um novo saque emergencial. Afinal, a pandemia continua, assim como seus efeitos econômicos.

Leia também: Como calcular FGTS? Aprenda tudo sobre o valor mensal

Quem sacou FGTS emergencial pode sacar novamente
Fundo de Garantia pode salvar finanças em momentos de crise. Veja quando é possível sacar e se haverá ova modalidade emergencial. – Foto: Instituto de Longevidade Mongeral

Quem sacou FGTS emergencial pode sacar novamente?

Sim. Caso o trabalhador se enquadre em qualquer uma das modalidades de movimentação do Fundo de Garantia, ele pode sacá-lo novamente.

É claro, contudo, que isso depende de uma série de fatores. Primeiramente, da existência de saldo de FGTS. Também, do preenchimento dos requisitos das modalidade de saque que atualmente existem.

Por outro lado, o saque de emergência se encerrou em 31 de dezembro. Por isso, nessa modalidade, a princípio, não é possível realizar nova movimentação.

Entretanto, caso o Governo Federal crie uma nova modalidade de emergência, aí sim quem sacou o FGTS emergencial pode sacar novamente. Porém, cabe a ressalva de que isso dependerá das regras traçadas para as novas movimentações.

Haverá novo saque emergencial?

Até o momento não há qualquer tipo de definição, porém fontes do Governo Federal confirmam a existência de estudos e considerações quanto ao lançamento de um novo FGTS emergencial.

Dessa maneira, essa seria uma alternativa para o aumento da circulação de dinheiro entre a população que não afetaria os cofres públicos. Afinal, o Fundo de Garantia é autossustentável.

Além disso, ao final de novembro a Caixa Econômica Federal, gestora do FGTS, informou a ausência de saque de R$ 7,9 bilhões de reais. Esse valor se destinava exclusivamente ao Fundo de Garantia emergencial.

Contudo, é preciso aguardar uma posição oficial quanto à criação de um novo saque.

Quando quem sacou FGTS emergencial pode sacar novamente?

Enquanto não há confirmação de um novo saque de emergência do FGTS, o trabalhador ainda pode fazer uso das demais modalidades que já existem.

Aliás, são diversas as possibilidades de saque do Fundo de Garantia nesse ano. Primeiramente, é possível realizar o saque integral em caso de dispensa sem justa causa. Contudo, isso desde que o trabalhador não se inscreva no saque-aniversário.

Da mesma forma são válidas nesse ano e permitem o saque integral das contas mesmo para quem sacou FGTS emergencial e pode sacar novamente:

  • Aposentadoria;
  • Trabalhador que completar 70 anos de idade;
  • Morte do trabalhador (saque pelos dependentes financeiros);
  • Quitação de imóvel residencial;
  • Diagnóstico de doença grave ou terminal.

Ainda, o saque-aniversário permite o saque parcial e anual. Para tanto, é preciso aderir à modalidade de maneira expressa. Isso ocorre no aplicativo FGTS de forma rápida. Assim, é possível quem sacou FGTS emergencial sacar novamente.

Confira agora: Aprenda como obter o extrato de conta do Fundo de Garantia de 03 formas diferentes

-- Continuar depois da publicidade --

Comments
Loading...