[diario_shortcode template=”card_img” colunas=”4″ s=”Geral” mono_post=”sim” colunas=”4″ top=”4″]

Fluminense busca o G4 e pode ter 7 jogadores da base

Com oito desfalques pelo Covid-19, o Fluminense busca ultrapassar o Internacional e se colocar na briga pelo título

-- Continuar depois da publicidade --

O time carioca do Fluminense pode ter no jogo de hoje contra o Red Bull Bragantino sete meninos de sua base, e tem o objetivo de chegar ao grupo dos quatro melhores do Brasileiro, onde o jogo será em sua casa, no estádio do Maracanã, às 20h, válido pela 23° rodada do Campeonato Brasileiro.

O Fluminense está vivendo o segundo surto de Covid-19 e estará com oito desfalques para o jogo, mas mesmo assim vai buscar ao máximo a vitória, pois poderá ultrapassar o time  do Internacional e se colocar na briga pelo título.

-- Continuar depois da publicidade --

Tradição da base

Tradição da base / reprodução: @Melhores da Base
Tradição da base / reprodução: @Melhores da Base

-- Continuar depois da publicidade --

A torcida do Fluminense lembra com carinho o Campeonato Carioca de 1980 para lhe dar esperança, pois naquele ano tinha o Flamengo campeão brasileiro, tricampeão estadual e estava tentando buscar o quarto título seguido.

E o Fluminense naquele ano tinha uma geração de garotos formados pela sua base, nas Laranjeiras, e eram dirigidos por Nelinho Rosa Martins, como por exemplo: Paulo Goulart, Edevaldo, Tadeu, Edinho, Rubens Galaxe, Delei, Gilberto, Mário e Robertinho que tiveram passagem pelas divisões de base do clube.

No time também tinha Zezé que também era um garoto que tinha chegado cedo do Bangu, depois de passagem pelo Nacional de Muriaé.

Esse time de garotos conquistou o primeiro turno do Campeonato Carioca numa decisão por pênaltis contra o time do Vasco que teve como herói o goleiro Paulo Goulart.

E chegou a final do Campeonato Estadual, também contra os vascaínos, vencendo o jogo com a sua estrela maior, Cláudio Adão, mas nesse jogo teve a ajuda Edinho, a outra estrela da companhia, cria das Laranjeiras.

O time que o Fluminense vai enfrentar nesta noite contra o Bragantino, no Maracanã, às 20h, logo veio aquela recordação de 1980, pois poderá haver sete jogadores da base de Xerém dentro da escalação do time carioca.

Os prováveis jogadores da base do Fluminense que poderão ir ao jogo são: Marcos Felipe, Calegari, Igor Julião, André, Martinelli, Marcos Paulo e Wellington Silva.

Essa tradição por escalar os jovens e talentosos jogadores do Fluminense aumentou devido ao surto de Covid-19, que deixou oito contaminados, sendo que três jogadores estão em transição.

Porém, apesar de todos esses problemas, o time do Fluminense tem a chance de entrar no grupo que disputa a vaga para a Copa Libertadores da América de 2021.

Fluminense quer brigar pelo título

Se o Fluminense vencer o Red Bull Bragantino, irá ultrapassar o Internacional e assim fechar a rodada em quarto lugar, um ponto abaixo do Flamengo, três atrás do São Paulo, e quatro do Atlético Mineiro.

E desta forma, ser um dos candidatos pela briga do título de campeão Brasileiro de 2020, pois para a diretoria e jogadores do Fluminense os próximos jogos têm a chance de vencer.

Depois do jogo contra o Red Bull Bragantino, jogará em casa contra o Athletico Paranaense, no Maracanã, e logo depois terá o clássico contra o Vasco da Gama, em São Januário.

Em seguida, vai jogar contra o Atlético Goianiense, em Goiânia, que luta contra o rebaixamento e o jogo mais difícil talvez seja um confronto direto contra o São Paulo, no estado do Rio de janeiro.

Veja também: Fluminense terá três jogos seguidos em “casa” para se manter no grupo de cima

-- Continuar depois da publicidade --

Comments
Loading...