Looks like you have blocked notifications!

Zidane garante que não irá se demitir do Real Madrid

O técnico Zinedine Zidane descartou pedir demissão após a derrota na Champions League

-- Continuar depois da publicidade --

O técnico Multicampeão do Real Madrid Zinedine Zidane descartou qualquer possibilidade de pedir demissão após a derrota para o Shakhtar Donetsk nesta ultima terça-feira (2), pela Champions League.

Na sua entrevista coletiva após a partidas da Champions League na Ucrânia, Zinedine Zidane deixou bem claro que não pretende entregar o seu cargo de treinador e garantiu que vai ter forças para reverter a situação do clube.

-- Continuar depois da publicidade --

“Não vou pedir demissão e vamos continuar. No primeiro tempo estivemos muito bem. Talvez tudo teria sido diferente se nós tivéssemos marcado o primeiro gol. Tivemos duas ou três chances, mas a bola não quis entrar. Assim é complicado”, disse.

“Temos passado por momentos delicados. É uma má sequência de resultados, mas temos que seguir. Era uma final, nos preparados muito bem e fizemos um primeiro tempo bom. Sabemos que falta um jogo, que precisamos ganhar”.

A equipe do Real Madrid sentiu muito a falta de dois de seus titulares importantes no jogo, o volante brasileiro Casemiro e o zagueiro Sergio Ramos, que são os pilares do sistema defensivo que falhou principalmente no primeiro gol do Shakhtar Donetsk.

“É um momento complicado, mas temos que mostrar nosso caráter, nosso orgulho. É uma pena. Vamos precisar ganhar a próxima partida, porque hoje não conseguimos. É preciso lugar até o fim”, afirmou Zidane.

Zinedine Zidane analisou a atual fase da equipe do Real Madrid, que não está conseguindo atuar bem desde o início da temporada.

Zidane garante que não irá se demitir do Real Madrid /Reprodução: @TVI24
Zidane garante que não irá se demitir do Real Madrid /Reprodução: @TVI24

-- Continuar depois da publicidade --

Veja também: Flamengo se despede da Copa Libertadores da América em pleno Maracanã

Mesmo o Real Madrid sendo o atual campeão espanhol, hoje é apenas o quarto colocado da competição deste ano, estando com 17 pontos, sete a menos que a líder Real Sociedad.

Na Champions League, o clube merengue soma apenas sete pontos, em terceiro lugar estando fora da zona de classificação.

“São muitas coisas que se juntam. Hoje não é um problema de futebol. Pressionamos muito, recuperamos a bola em cima. Nos custa fazer o primeiro gol, que é o que pode facilitar as coisas para nós. Vamos seguir trabalhando forte e acreditar no que fazemos”, disse Zizou, que completou.

“Tenho forças [para seguir o trabalho]. Seguirei dando tudo de mim. Em La Liga não merecemos ganhar, mas hoje sim. Temos que levantar a cabeça e pensar na próxima partida. Digo sempre o mesmo, mas é isso, não há remédio”.

O clube Espanhol tem pela frente o Sevilla, no próximo sábado, dia 5 de dezembro fora de casa, pela 12ª rodada do Campeonato Espanhol.

Quatro dias depois, irá medir forças contra o time alemão Borussia Monchengladbach para tentar a classificação às oitavas de final da Champions League.

Como já citado, o Real Madrid tem sete pontos e é o terceiro colocado do Grupo B da Champions League, e apesar da derrota, a equipe espanhola depende apenas dela mesmo para avançar.

O time da Alemanha está liderando o grupo com oito pontos, seguido pelo Shakhtar Donetsk, que tem os mesmos sete pontos do Real Madrid, mas com vantagem no confronto direto. A emoção vai ser garantida.

Veja também: Com muita experiência, Pará vira líder no Santos

Looks like you have blocked notifications!

-- Continuar depois da publicidade --

Comments
Loading...