Crédito imobiliário Itaú com taxas menores faz clientes sonharem com casa própria

O crédito imobiliário Itaú vem sendo bastante procurado pelos brasileiros

Crédito imobiliário Itaú – Ter a casa própria sempre foi o sonho de boa parte dos brasileiros. Mas as diversas dificuldades financeiras, muitas vezes, pode fazer com que esse sonho seja difícil de ser realizado. Por isso, muitas pessoas buscam as instituições financeiras para a realização de financiamentos, como é o caso do banco Itaú, que vem apresentando taxas atrativas. Hoje (23/11) o crédito imobiliário Itaú já está operando com taxas menores.

Desde o último dia 10 de novembro, o banco decidiu lançar uma linha de crédito corrigida pela caderneta de poupança. Então, as taxas anuais que podiam chegar em valores maiores do que 7%, pode fechar em 5,39% ao ano.

-- Continuar depois da publicidade --

Crédito imobiliário Itaú com taxas menores faz clientes sonharem com casa própria

A ideia, de acordo com o banco, é fazer com que o cliente não tenha surpresa durante o pagamento do seu financiamento e consiga uma facilidade maior na hora do pagamento das parcelas. Veja um trecho da explicação do banco Itaú, que a Reuters teve acesso:

“Na nova linha o cliente economiza e não tem surpresas desagradáveis ao longo do contrato, como acontece no modelo de indexador atrelado ao IPCA praticado pelos concorrentes”.

Leia mais: Caixa libera financiamento imobiliário pelo aplicativo e com taxas menores

Como funciona o crédito imobiliário Itaú

A explicação seguirá as regras e valores desta nova linha de crédito imobiliário Itaú, onde a correção é feita a partir da caderneta de poupança.

Os interessados poderão ter 90% do valor do imóvel financiado, com prazo de 30 anos e com entrada mínima, portanto, de 10%.

Essa linha de crédito utiliza o SAC ( Sistema de Amortização Constante), ou seja, as parcelas vão diminuindo conforme o tempo passa. Além da possibilidade de utilização do FGTS como pagamento de parte do financiamento.

Está disponível, até o momento, apenas para novos clientes. Então, os clientes de outros bancos não poderão realizar a portabilidade para entrar nas regras do crédito imobiliário Itaú.

-- Continuar depois da publicidade --

O próprio banco fez uma simulação para que o cliente possa entender o seu funcionamento Desse modo, afirma que, o valor da primeira parcela seguindo o modelo tradicional seria de R$ 3.561, com a nova modalidade, o valor passa a ser de R$2.943. Lembrando que esses valores foram baseados nos dados da economia deste ano.

Veja também: Itaú consórcio 2ª via: é possível conseguir o boleto pela Internet; veja como

Vale a pena?

Será que essa nova modalidade de crédito imobiliário Itaú vale a pena? Alguns economistas apontam que a correção das taxas pela caderneta também será movida pela imprevisibilidade.

Pois apesar de apresentar taxas menores, os dados econômicos que terão relação direta com esses valores, podem sofrer alterações com o passar do tempo. Mas hoje, com os dados divulgados da economia, as taxas ainda estão menores do que as tradicionais.

O crédito imobiliário Itaú ainda possui a regra da inexistência da portabilidade de clientes de outros bancos. Mas a portabilidade dessa modalidade do banco Itaú para outros bancos é permitida.

Então o cliente pode optar por continuar com o crédito imobiliário enquanto as taxas estiverem de acordo com o seu planejamento. E se houver alguma mudança nos valores que estejam fora do esperado, a portabilidade pode ser uma saída.

Portanto, considerando todo esse contexto, talvez realmente seja interessante para o cliente esse crédito imobiliário Itaú.

Fique ligado: Feirão de imóveis online oferece oportunidade para casa própria e até aluguel

É Black Friday, mas o Banco Inter resolveu fazer uma Orange Friday

-- Continuar depois da publicidade --

Comments
Loading...