Dinheiro esquecido: bancos procuram aposentados para sacar valor depositado

Os valores vão desde cotas do PIS/Pasep a acordos judiciais esquecidos.

Os bancos estão a procura de aposentados para que saquem o dinheiro esquecido em suas contas. Esse fenômeno, apesar de pouco conhecido é muito recorrente. Entretanto, nem sempre há essa convocação e o dinheiro fica lá, parado, sem que o dono faça o saque. Será que hoje, 20/11, você ou algum familiar tem valores esquecidos para receber? Entenda.

Dinheiro esquecido: bancos procuram aposentados para sacar valor depositado
Dinheiro esquecido: bancos procuram aposentados para sacar valor depositado (imagem: divulgação/G1)

Veja também: economize com esses três truques de decoração super simples.

Bancos procuram aposentados: a aposentadoria e o dinheiro esquecido

O fenômeno do “dinheiro esquecido” é comumente relacionado ao aposentado pelo fato dele não se lembrar que tem outros valores que, por sua vez, poderia receber.

Isso acontece, normalmente, com dinheiro que receberam de seus antigos empregadores, acordos realizados no passado ou algum benefício do governo que estava pendente e que caiu no esquecimento.

Cotas do PIS/Pasep

Um fenômeno bem comum, inclusive, é quanto ao recebimento das cotas do PIS/Pasep. No início do ano, foram colocados à disposição, cerca de R$ 22 bilhões para saque. Entretanto, grande parte dos beneficiários acabam não indo retirar o valor.

Cotas do PIS/Pasep são valores pagos aos trabalhadores com carteira assinada entre os anos de 1971 e 1988. Sendo o PIS destinado aos funcionários que trabalharam no setor privado e o Pasep aqueles do setor público.

O valor médio para recebimento é de cerca de R$ 1.750. Entretanto, podem ultrapassar facilmente os R$ 10 mil.

Para o aposentado que acha que tem dinheiro esquecido das cotas PIS/Pasep, é possível consultar valores nas agências bancárias presencialmente, pela internet ou por telefone.

Os valores podem ser sacados a qualquer momento e não há limite de idade para retirada do benefício.

O montante deixado pelo aposentado ou pensionista falecido também pode ser sacado por qualquer familiar, desde que apresentado a documentação exigida pela instituição.

Veja também: 14º salário dos aposentados foi aprovado? Entenda tudo sobre a proposta.

Outras possibilidades de dinheiro esquecido

Além das cotas do PIS/Pasep, existem outras possibilidades de dinheiro esquecido por aposentados e que precisam ser sacados. Vejamos algumas.

  • FGTS: valores de correção monetária ou atualização de juros, além de crédito do lucro do fundo podem estar disponíveis para saques em contas inativas do trabalhador;
  • Erro do INSS: também é possível que existam valores a receber de erro de cálculo do próprio INSS no momento da concessão do benefício previdenciário. Nessa situação, os valores podem ser verificados e corrigidos e, caso necessário, devem ser solicitados diretamente no Poder Judiciário;
  • Processos e acordos judiciais: eis aqui também uma das formas de dinheiro esquecido, principalmente por quem já está aposentado. Vamos detalhar.

Quem entra na justiça pedindo alguma indenização por dano moral, ou teve prejuízo, principalmente pela má atuação estatal e judicializou essa demanda, precisa entender como está o andamento do processo ou se já foi concluído.

A demora para obter uma resposta judicial faz com que se passem anos e anos, deixando aquele caso cair no esquecimento.

Existem, inclusive, alguns casos emblemáticos que viraram acordos. Estamos falando dos planos econômicos Bresser, Verão e Collor 2 e que ainda dá aos vencedores, a possibilidade do recebimento de valores.

Para acompanhar o andamento desses acordos, você pode acessar o site: pagamentodapoupanca.com.br.

Como se vê, são muitos os casos em que há dinheiro esquecido por parte dos aposentados. Entender mais sobre as situações e buscar informações sobre o assunto pode ser a melhor forma de não deixar esse dinheiro na mesa.

Comments
Loading...