Como calcular o 13º salário? Adiante-se e saiba o valor que receberá

Trata-se de um direito garantido ao trabalhador celetista e aos beneficiários do INSS

O calendário se aproxima da data final para o pagamento da primeira parcela do décimo terceiro. Mas como calcular o 13º salário? Essa é uma conta que deve levar em consideração o número de meses trabalhados no ano e o valor do salário recebido pelo trabalhador, conforme veremos hoje, 21 de novembro.

Continua depois da publicidade

Esse é um direito resguardado não apenas aos trabalhadores formais, mas também aos beneficiários do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), por exemplo. O cálculo, contudo, é o mesmo para ambos os casos

Também veja: Entenda Como Pagar A Multa Por Não Votar Em 2020 Pela Internet

Continua depois da publicidade
como calcular o 13º salário
O cálculo do décimo terceiro é simples e rápido. Assim, veja como fazê-lo. (Imagem: Exame)

Como calcular o 13º salário?

Para fazer o cálculo é preciso, primeiramente, saber qual é a remuneração do trabalhador. Então, é preciso analisar o número de meses em que ele prestou serviços ao longo do ano.

Continua depois da publicidade

Assim, quem prestou serviços durante todo o ano tem direito ao recebimento de um salário extra completo.

Os benefícios da Previdência Social como pensão e aposentadoria seguem essa mesma lógica. Nesses casos se ele recebeu benefícios durante todo o ano receberá um salário extra completo.

Como calcular o 13º proporcional?

Da mesma forma que o décimo terceiro integral, o cálculo da parcela de forma proporcional, igualmente, leva em consideração a remuneração e o número de meses trabalhados.

Para que um mês seja considerado como trabalhado para fins do 13º salário, é preciso que nele tenha havido labor em pelo menos 15 dias.

Por exemplo, quem foi contratado no dia 02 de janeiro tem esse mês em sua base de cálculo. De forma contrária, ao calcular o pagamento do 13º salário para um trabalhador contratado em 20 de janeiro, somente se considerará o labor prestado a partir de fevereiro.

E os trabalhadores que tiveram seus contratos suspensos?

Por fim, como calcular o 13º salário para os contratos suspensos em meio à pandemia também tem suas particularidades.

Primeiramente, cabe destaque ao fato de que ainda não há um entendimento pacífico quanto ao assunto. Isso porque a lei que instituiu a suspensão dos salários foi silenciosa em relação ao décimo terceiro salário.

Entretanto, ao que tudo indica, o cálculo leva em consideração apenas os meses efetivamente trabalhados. Ou seja, o pagamento considera em seu cálculo os meses do ano em que o contrato não esteve suspenso.

Como calcular o 13º salário nesses casos? Para isso, deve-se analisar por quantos meses o trabalhador prestou serviço nesse ano. Ignoram-se, portanto, os meses de suspensão contratual.

Quem teve o contrato suspenso a partir de agosto até o final do ano, por exemplo, terá direito apenas a 5/12 décimo terceiro (divide-se o salário por 12 e, após, multiplica-se o resultado por 05).

Mas isso ainda precisa de uma confirmação oficial do governo.

Quando é o pagamento do 13º salário?

O valor obtido ao calcular o 13º salário é pago aos trabalhadores em duas parcelas. A primeira deve ser creditada até 30 de novembro, enquanto a segunda é quitada até o dia 20 de dezembro.

Por outro lado, os beneficiários do INSS já receberam a parcela neste ano. Ela foi adiantada entre o final de maio e o início de junho deste ano. O adiantamento se fez necessário diante da pandemia de Covid-19 e da necessidade de movimentação da economia.

Confira agora: Jovem Aprendiz Tem Direito A Décimo Terceiro? Conheça Direitos E Deveres

 


Continua depois da publicidade
Para obter mais conteúdos siga o Folha Go no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!

Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que firam a ética e a moral não serão aprovados. Leia os termos de uso e participe com responsabilidade.