Bitcoin em recuperação e os altcoins subindo até 90%?

Créditos de imagem pixabay
0

Hoje quinta-feira dia (9) vamos entender mais dessas oscilações das criptomoedas, aqui no FolhaGO. Nesta terça-feira (7), o Bitcoin iniciou em recuperação e os altcoins seguiram na mesma direção, subindo até 90% após uma queda no final de semana.

O mercado como um todo despencou US$ 430 bilhões e os investidores, que operam derivados de criptomoedas, perderam US$ 1 bilhão.

A trajetória do Bitcoin e das demais criptomoedas

A principal criptomoeda do mercado começou a se recuperar após o baque, sendo negociada a US$ 51.283 na manhã desta terça-feira (7).

Bitcoin em recuperação e os altcoins subindo até 90%?
Créditos de imagem pixabay

Com a alta de mais de 8,4% em 24 horas o Bitcoin já recuperou pelo menos metade das perdas que o fizeram chegar a US$ 42.600 no último sábado (4). Porém, no final do dia acabou caindo novamente.

Por outro lado, os altcoins subiram muito e ganharam até 90% na manhã de terça, como é o caso do DeFi Spell Token (SPELL).

Em toda análise, apenas uma criptomoeda a Bitcoin Cash ABC, entre as 100 com maior capitalização, apresentou uma queda de 5,4% no momento.

Os motivos que levaram o Bitcoin a despencar

A princípio, a queda tem como motivo o crescimento em bolsas de derivados sem regulamentação, que teria levado a uma correção maior do que a esperada.

Grandes Investidores Estão Deixando O Bitcoin De Lado

Além disso, a tensão gerada pela nova variante ômicron do coronavírus acabou impactando também o rumo do mercado nos últimos dias.

Apesar disso, dados que mostram a variante como menos letal do que as antecessoras vieram à tona deram ânimo aos investidores, um dos fatos que ajudaram na alta.

No entanto, os analistas seguem dizendo que há a possibilidade de haver, antes de uma retomada mais robusta, uma nova baixa neste curto prazo.

Em suma, todos seguem acompanhando as oscilações da moeda. Alguns ainda esperançosos e outros menos otimistas com relação ao futuro do ativo.

Bitcoin em recuperação e os altcoins subindo até 90%?
Créditos de imagem pexels

Os principais resultados da queda repentina

Com todas essas idas e vindas, a cotação do mercado, de forma geral regrediu, voltando para a marca dos US$ 2,52 trilhões.

Além disso, a dominância, que aponta a participação no total do valor de mercado, do Bitcoin em especial despencou, chegando a 38,4%.

Contudo, a recuperação geral confirma a tese dos especialistas que indicam que a temporada de alta das criptomoedas ainda não chegou ao fim.

Em contrapartida, o mercado permanece oferecendo aos investidores muitas esperanças, não obstante os movimentos negativos.

Nesse sentido, um indicativo importante é o comportamento dos investidores de longo prazo, que têm ativos comprados há muito tempo. Isso porque eles não mudaram a postura durante a última queda, que foi nutrida por largas vendas de usuários mais recentes.

Grandes Investidores Estão Deixando O Bitcoin De Lado

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.