Ainda é possível haver prorrogação do auxílio emergencial em 2021? Entenda

Saiba tudo sobre a possibilidade de renovação do benefício

O auxílio emergencial foi oficialmente encerrado no dia 29 de dezembro de 2020, com o pagamento das parcelas restantes a quem tinha direito, mas ainda segue em evidência com as dúvidas criadas sobre a possível prorrogação para 2021. Afinal, ainda é possível que o benefício volte a ser pago? Veja aqui hoje (26/01) o que se sabe sobre o assunto.

Criado inicialmente para durar apenas pelos meses de abril, maio e junho de 2020, o auxílio emergencial tomou proporções ainda maiores do que era esperado pelo próprio governo. Ao todo, foram nove parcelas repassadas até dezembro, quando foi dado como finalizado o programa.

Primeiro, o benefício foi pago com valor de R$ 600 por pessoa – e duas cotas para mães provedoras de família. Permaneceu desta forma por cinco meses, até que a Medida Provisória 1.000/20 reduziu para R$ 300 e assim pagou as últimas quatro parcelas.

Nos quatro meses finais do programa, de setembro a dezembro, o governo já não chamava mais de auxílio emergencial. Mas, sim, de auxílio residual. Isso já mostrava a ideia de que seriam os últimos pagamentos a serem recebidos pela população.

Isto é, os resíduos que ainda precisavam ser repassados para a base de mais de 67 milhões de cidadãos cadastrados para o benefício. Também era chamado de extensão do auxílio emergencial.

Ainda é possível ter prorrogação do auxílio emergencial em 2021? Entenda
Ainda é possível ter prorrogação do auxílio emergencial em 2021? Entenda (Foto: Fotos Lucrativas)

Com o fim dos depósitos que eram feitos mensalmente no Caixa Tem, a dúvida sobre o retorno do auxílio persiste no ar diariamente na Internet. É um assunto frequentemente buscado no Google.

Leia mais: Auxílio emergencial: veja as últimas notícias sobre o assunto

Ainda é possível ter prorrogação do auxílio emergencial em 2021?

A resposta é sim. Ainda é possível que o auxílio emergencial seja prorrogado para este ano de 2021, pois se trata de um assunto que continua sendo tratado no Congresso Nacional e que diz respeito a uma parcela enorme da população brasileira.

Mas, atualmente, não existe nenhuma perspectiva de que o benefício possa voltar a ser pago neste ano.

Isso porque, da parte do governo o auxílio é dado como encerrado desde a data final do último pagamento, realizado em dezembro.

Não se fala mais em auxílio emergencial externamente e, com a posição tomada de que não há orçamento previsto para suportar novos pagamentos do benefício. Esta afirmação foi feita diversas vezes por Jair Bolsonaro (Presidente, sem partido) e por Paulo Guedes (Ministro da Economia).

Em uma de suas falas sobre o benefício, em 2020, Paulo Guedes citou que o governo até estaria pronto para retornar com o pagamento do auxílio emergencial. Porém, só em caso de uma forte segunda onda de contaminação e mortes por Covid-19.

Estamos no meio de um novo aumento de casos por conta da doença, novamente com média de mortes confirmadas por coronavírus acima de 1.000 pessoas a cada 24 horas. Contudo, não há nenhuma fala do governo que indique um novo pagamento de auxílio emergencial para a população de baixa renda.

Leia também: Renovação do auxílio emergencial continua sendo assunto; saiba mais

No Congresso Nacional, nove projetos pedem a prorrogação do benefício

Além de causar dúvidas na população, o auxílio emergencial continua sendo fortemente debatido no Senado Federal e na Câmara dos Deputados. Atualmente, há nove projetos que pedem o retorno do pagamento do benefício.

No entanto, nenhum deles ainda foi pautado para votação nem no Senado, nem na Câmara.

A ideia dos Projetos de Lei é semelhante: prorrogação do pagamento do auxílio emergencial por três a seis meses. Já o valor seria de R$ 600 ou R$ 300.

Porém, todos os projetos dependem de votação nas duas casas do Congresso Nacional para poderem ser sancionados pelo Presidente da República.

Até o momento, não há indícios de que algum projeto que pede a prorrogação do auxílio emergencial seja votado nos próximos dias.

Leia ainda: Empréstimo para quem recebe auxílio emergencial já está liberado? Entenda

Leave A Reply

Your email address will not be published.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Ler mais

Política de Privacidade e Cookies