Mercado Livre se prepara para operar com criptomoedas

Reprodução/Redes Sociais
0 73

- Advertisement -

Nesta sexta-feira (3) de dezembro o  FolhaGO mostra como que o Mercado Livre se prepara para operar com criptomoedas, oferecendo aos seus clientes a possibilidade de comprarem, venderem e armazenarem o Bitcoin e outras criptomoedas.

Esses ativos ficariam na carteira digital do Mercado Pago, o serviço próprio da empresa, com a finalidade de facilitar as transações dos seus clientes.

Por meio da iniciativa, o grupo cresce em sua atuação com os criptoativos e posiciona o Mercado Pago dentre as referências nos pagamentos digitais no país.

- Advertisement -

Mercado Livre se prepara para operar com criptomoedas
Créditos de imagem pixabay

Relação do Mercado Livre com as criptomoedas

Um passo importante que a empresa deu em maio de 2021, foi adquirir R$ 40 milhões em bitcoin, que foram logo somados ao patrimônio do grupo.

Nesse sentido, atuando como a empresa mais valiosa da América Latina, o grupo pretende reproduzir o método a fim de o expandir para outros países da região.

MoonPay – A Startup De Criptomoedas Avaliada Em…

No entanto, é claro que a repetição só poderá ser realizada se os testes no Brasil forem positivos em todas as dimensões.

O início do projeto

- Advertisement -

A princípio, o Mercado Livre ofereceu a ferramenta apenas para um grupo seleto de clientes no início do mês de novembro. O motivo é que ela será melhorada no decorrer do mês, a fim de chegar com robustez no mercado, disse o vice-presidente da empresa.

Segundo ele, “Dedicamos um tempo para estudar e aprender antes de decidir entrar nas criptos. Isso tem um potencial de transformação pela frente e abre um novo caminho para nós”.

Apesar de tudo isso, no início os clientes ainda não poderão usar as criptomoedas para comprar produtos no Mercado livre. Em suma, vale lembrar que o total de pagamentos da empresa chegou a superar os R$ 100 bilhões, no terceiro trimestre deste ano.

Mercado Livre se prepara para operar com criptomoedas
Créditos de imagem freepik

A aplicação dos conceitos do mercado

A iniciativa do Mercado Livre deve facilitar o primeiro contato de novos usuários com as criptomoedas, e esse é um bom objetivo.

Além disso, o fácil acesso aos ativos, liquidez e “segurança”, são fatores que atraem mais investidores. Ainda assim, o serviço poderá não ser isento de taxas. Nesse sentido é que os usuários devem ver se é viável fazer a negociação por meio do Mercado Pago.

Isso porque as criptomoedas já surgiram para evitar a necessidade de intermediários e favorecer transações diretas na bolsa de valores., e lutam em defesa de “sermos nosso próprio banco”.

Em suma, ao utilizar os serviços do Mercado Pago, o usuário precisa de uma dose de confiança na empresa. Além de ter de ficar sujeito a todas as condições impostas por esse tipo de serviço.

MoonPay – A Startup De Criptomoedas Avaliada Em…

- Advertisement -

Comentários
Loading...