Inscrição do Bolsa Família 2021: entenda como se cadastrar e receber o benefício

Veja quais famílias podem ter acesso ao programa

Anúncio


O Bolsa Família é o maior programa de transferência de renda do governo federal brasileiro, auxiliando mensalmente cidadãos em situação de pobreza e é por isso que ensinaremos como fazer a inscrição em 2021. Entenda hoje (07/06).

Continua depois da publicidade

Criado no governo Lula em 2003, o Bolsa Família segue ampliando o número de famílias beneficiadas até os dias de hoje, no governo do presidente Bolsonaro.

O programa tem como principal objetivo de garantir renda para que famílias tenham direito de acessar alimentação, além de outros serviços básicos, como educação e saúde.

Continua depois da publicidade

Para quem é cadastrado no programa, um depósito mensal com valor médio de R$ 190 é repassado pelo governo através da Caixa Econômica Federal.

Continua depois da publicidade

Atualmente são mais de 14 milhões de famílias brasileiras atendidas pelo programa de transferência de renda e a quantidade tende a aumentar a cada dia, uma vez que qualquer pessoa pode solicitar a inscrição e aguardar pela aprovação.

Bolsa família
Cartão do Bolsa Família (Imagem: Diário do Nordeste)

Quem pode se cadastrar para receber o Bolsa Família?

O público-alvo do Bolsa Família é quem faz parte do grupo de famílias consideradas como em situação de pobreza ou extrema pobreza no Brasil, pois, como citado acima, o objetivo é gerar renda para direitos básicos e essenciais.

Portanto, só podem se cadastrar quem fizer parte desses requisitos:

  • Tiver renda mensal de até R$ 89 por pessoa da família ou com até R$ 178 de renda familiar;
  • Necessário possuir gestante, criança ou adolescente na família;
  • Estar cadastrada no CadÚnico do governo federal.

Saiba como fazer o cadastro do Bolsa Família 2021

  • Para ter acesso ao benefício, a família deve comparecer, com um representante, ao setor responsável pelo Bolsa Família em sua cidade – na maioria dos casos são os Centros de Referência da Assistência Social (CRAS).
  • O responsável pela família deve ter em mãos seus documentos e também dos familiares que residem na mesma casa, bem como comprovar fazer parte do público-alvo.
  • A seleção das famílias é feita pelo Ministério da Cidadania, que define o valor e o tipo de benefício para o perfil de sua família.
  • Assim que a família é selecionada, a Caixa Econômica Federal passa a ser responsável por abrir uma poupança social digital, no Caixa Tem, e a emitir os cartões do Bolsa Família e do Cidadão.

Você sabe como sacar o auxílio emergencial nas lotéricas?

Para evitar filas ainda maiores do que as que são vistas, a Caixa optou por criar o aplicativo Caixa Tem e liberar saques presenciais de forma escalonada. Respeitando, portanto, um calendário feito exclusivamente para evitar tumultos nos locais de retirada de dinheiro. Mesmo com essa medida, é permitido que qualquer beneficiário retire o dinheiro disponível no Caixa Tem, através de agências da Caixa ou de casas lotéricas.

Carregando comentários aguarde...
...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Ler mais

Política de Privacidade e Cookies