Caixas Eletrônicos no Criptomercado; veja os resultados de hoje

De acordo com dados analisados por um grande site de rastreamento, cresceu o número de locais que oferecem serviços criptografados em caixas eletrônicos.

Caixas Eletrônicos no Criptomercado; veja os resultados de hoje / Reprodução: Pixabay
0

Os caixas eletrônicos acabaram interferindo positivamente o Bitcoin, ou seja, as demandas pelo serviço dobraram os números. Desde janeiro de 2021, por exemplo, 80 países já possibilitam a troca de produtos e serviços por Bitcoin.

Logo, a equipe da Folha GO se apressou em trazer para seus leitores as principais informações sobre essa notícia, hoje, sexta-feira (29) de outubro de 2021.
Trinta Mil Máquinas Eletrônicas
Em um ano onde o mercado das criptomoedas atingiu números recordes, a acessibilidade do Bitcoin nos caixas eletrônicos foram um dos maiores influenciadores, sendo assim, os números recentemente chegaram a 30.000, muito maior que as variáveis do início de 2021.

Informações da Coin ATM Radar mostra que em janeiro, a princípio, tinha 14.016 caixas funcionando em várias partes do mundo e no dia 27 de outubro de 2021, atingiu 30.011.

Talvez você curta: Bitcoins: como comprar hoje através da internet sem perdas; veja detalhes

Os caixas de Bitcoin e de outras criptomoedas estão presentes em 76 países, segundo o site de rastreamento.

Os Estados Unidos são o principal país em meio a tanto números, com mais de 26.000 lugares.

De acordo com esses dados, muitos países começam a se familiarizar com a moeda, porém, em outros lugares a visão não é a mesma.

Por exemplo, na Áustria e no Reino Unido os números de caixas eletrônicos têm sofrido decréscimo.
Top Operadores de Caixas de Criptomoedas
Caixas Eletrônicos no Criptomercado; veja os resultados de hoje / Reprodução: pexels Caixas Eletrônicos no Criptomercado; veja os resultados de hoje / Reprodução: pexels

A maioria desses caixas eletrônicos dão a possibilidade de poder comprar Bitcoin (BTC) e a maioria vende uma ou mais criptomoedas, algumas delas são bitcoins, cash (BCH), Ether (ETH) e Litecoin (LTC).

Uns ofertam Stablecoins como Tether (USDT) ou Altcoins populares como Dogecoin (DOGE), no caso, os caixas eletrônicos bidirecionais.

Como resultado, aqueles que também podem comprar sua criptomoeda, também estão aumentando em número.

Entre os operadores mais influenciáveis desses caixas, o Bitcoin Depot, que vem elevando sua rede nos Estados Unidos, inclusive é o maior entre eles com 5.314 unidades (17,7%), enquanto o Coincloud é inferior com 4.028 (13,4%).

Confira: Brasileiros criam “Tesla das Motos”: criptomoedas!

Logo em seguida vem o Coinflip com 2.953 dispositivos, ou um pouco menos de 10% do total mundial.

Genesis Coin segue sendo o fabricante líder de caixas eletrônicos criptografados, correspondendo por acima de 40% do mercado, seguido por General Bytes com mais de 22%. Bitaccess é um terceiro correspondente com 14% dos equipamentos operacionais presentemente.

Outros produtores incluem Coinsource (6,1%), Bitstop (4,2%), Bytefederal (3,5%) e Lamassu (2,3%). Empresas menores instalaram 7,2% de todos os caixas criptografados.

Saiba mais: Criptomoeda lançada na Binance, valoriza 7.800% em 3 horas

Nesse atual ritmo, será que os caixas eletrônicos de criptomoedas continuarão em crescimento? Qual o seu palpite considerando esses dados?

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.