CryptoEats: a farsa que roubou US$ 500 mil em Criptomoedas; confira os detalhes

CryptoEats: a farsa que roubou US$ 500 mil em Criptomoedas; confira os detalhes / Reprodução: Pixabay
0

A equipe do Folha GO, traz hoje no dia (23) as principais atualizações sobre a farsa com a empresa “CryptoEats”.  Então vamos entender como que tudo funcionava.

Estreou recentemente no Reino Unido uma startup que atraiu muita atenção, a “CryptoEats”, na verdade, a farsa que assaltou em criptomoedas.

Em primeiro lugar, o objetivo de concorrer com a famosa Uber Eats, e depois, a opção de pagamento em criptomoedas.

Além disso, muitos foram os meios utilizados para a divulgação e o lançamento do tal “serviço inovador“. Porém, tudo não passou de uma grande farsa. E os responsáveis pelo golpe lucraram com isso em torno de US$ 500 mil em criptomoedas.

CryptoEats: a farsa que roubou US$ 500 mil em Criptomoedas; confira os detalhes / Reprodução: Pixabay
CryptoEats: a farsa que roubou US$ 500 mil em Criptomoedas; confira os detalhes / Reprodução: Pixabay

A CryptoEats parecia ser original, mas era farsa

No começo, o serviço parecia original, isso porque os responsáveis pelo projeto apresentaram informações muito impactantes.

Por exemplo, eles diziam levantar US$ 8 milhões em financiamentos e também fechar negócios com “milhares de restaurantes”.

E não para por aí, diziam contratar uma frota de entregadores para disputar com os demais serviços de entrega do país, como o Uber Eats.

De igual modo, a CryptoEats garantia entregas de até cinco minutos para os clientes e, para os entregadores, salários fixos com comissões.

Ainda mais, para coroar, realizaram uma festa de lançamento do projeto no último domingo (17), onde divulgaram a criação da startup.

Com isso, e através das redes sociais, rapidamente o interesse dos investidores que começaram a comprá-la. Inclusive, emitiram um comunicado à imprensa, que foi publicado uma plataforma usada para grandes empresas que postam releases oficiais, a GlobeNewswire.

Logo que a farsa veio à tona, um dos influenciadores que atuou na divulgação da startup, o promotor Bouncer, disse que o projeto parecia real, haja vista os diversos itens com seu logo. Ou seja, a farsa pegou todos de surpresa e foi bem feito do começo ao fim.

CryptoEats: a farsa que roubou US$ 500 mil em Criptomoedas; confira os detalhes / Reprodução: Pixabay
CryptoEats: a farsa que roubou US$ 500 mil em Criptomoedas; confira os detalhes / Reprodução: Pixabay

A rapidez CryptoEats no assalto a criptomoedas

Antes de mais nada, esse caso não é um golpe inédito nem o maior roubo em criptomoedas envolvendo esse tipo de fraude. O que chama mais a atenção aqui é a rapidez do processo.

Ou seja, a CryptoEats criou uma imagem de projeto com futuro no mundo das criptomoedas. Mas, logo após o lançamento, a empresa fantasma logo sumiu da internet.

Com isso, os desenvolvedores do projeto desapareceram levando cerca de US$ 500 mil em criptomoedas.

Resultados da ação da CryptoEats

Em síntese, o que se sabe é que transferiram os fundos da carteira principal para endereços paralelos com objetivo de dificultar o rastreamento.

Sendo assim, os criminosos não foram ainda localizados. Por fim, o CryptoEats atuou como “um esquema no qual serviços ou empresas falsas roubam dinheiro de investidores e depois somem do mapa”, chamado “rug pull”.

Para nós, simplesmente, basta dizer que a CryptoEats foi a farsa que assaltou em criptomoedas. A grande questão, porém, é o fato de que esses eventos acabam diminuindo a confiança no mercado.

E isso pode fazer com que ele se torne ainda mais restrito à grande parte do povo e mais íntimo dos grandes players.

As criptomoedas mais promissoras para investimentos em 2021!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.