Suspeito de matar investidor de criptomoedas é preso! Veja o caso, que causou impacto

Suspeito de matar investidor de criptomoedas é preso! Veja o caso, que causou impacto / Reprodução: Pixabay
0 213

- Advertisement -

Hoje, sexta 22 de outubro de 2021. A equipe do Folha Go traz as principais informações sobre o caso do investidor Wesley Passano. Então aqui você fica por dentro de  tudo que acontece todos os dias. Portanto vamos confira abaixo as últimas notícias de hoje.

Na manhã da quinta-feira (21), foi preso um dos suspeitos de matar o jovem investidor Wesley Passano, 19 anos, no último mês de agosto. O crime ocorreu em São Pedro da Aldeia, Região dos Lagos.

O suspeito Luiz Filipe Cherfan Tavares, também é conhecido como Playboy ou Branquinho, de 29 anos. Ele foi preso na Zona Norte do Rio. Agentes da 125ª Delegacia de Polícia, de São Pedro da Aldeia, participaram da ação.

- Advertisement -

Suspeito de matar investidor de criptomoedas é preso! Veja o caso, que causou impacto / Reprodução: Pixabay
Suspeito de matar investidor de criptomoedas é preso! Veja o caso, que causou impacto / Reprodução: Pixabay

O suspeito Luiz Filipe também é investigado por participar no tráfico de drogas na Maré. Dessa forma, já havia um mandado de prisão preventiva contra ele. Enquanto as investigações aconteciam, os policiais descobriram a localização do suspeito. 

Viu essa hoje! Novi: Facebook lança carteira digital, criptomoedas que podem ter alta

A polícia já prendeu mais 6 suspeitos de participação no crime. Ao passo que Fabio Natan do Nascimento, um dos suspeitos, por outro lado, ainda está foragido. Segundo as informações, as investigações do caso ainda estão em andamento. Assim como também criaram uma força tarefa para descobrir o motivo e o mandante por trás da morte do investidor. Além de outros crimes que estariam ligados ao mercado de criptomoedas.

Motivo por trás da morte do investidor

- Advertisement -

Dessa forma, os investigadores examinam a hipótese da vítima estar no meio de disputas de grupos concorrentes que investem em criptomoedas. Outra hipótese é que tenha se tratado de uma queima de arquivo. A operação chama Pullback, uma expressão do mercado financeiro para nomear um movimento inesperado de correção contra a tendência do mercado. Era bastante utilizada por Wesley. Ele se chamava de o “rei do Pullback”.

O jovem investidor de criptomoedas, que morava em Cabo Frio, foi morto a tiros em seu carro. O crime aconteceu enquanto passava pela Rua Marechal Castelo Branco, em São João.

Saiba mais sobre os investimentos em criptomoedas

A vítima, Wesley Passano, trabalhava como digital influencer e compartilhava seus ganhos por meio de vídeos. Ao mesmo tempo em que também fazia postagens nas redes sociais. No momento em que foi morto, Wesley estava em um Porsche que custa R$ 440 mil.  O investidor se chamava de milionário e dizia ter ficado rico muito cedo. Por meio dos investimentos que fazia em criptomoedas.

O jovem tinha um canal no youtube denominado “Pessano Trader”. Lá ele compartilhava dicas sobre investimentos em criptomoedas. Ele diz “ter saído do zero para o topo” como resultado. Do mesmo modo, o canal tem uma quantia de mais de 14 mil inscritos e mais de 204 mil visualizações.

O que são os ETFs – entenda a novidade nas criptomoedas.

- Advertisement -

Comentários
Loading...